x
2014-01-08T09:41:56-02:00

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 2.914

acessos 541.065

Multa atraso entrega GFIP

há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 09:48

Prezado Colegas,

Também estamos passando pelo mesmo problema.

No passado quando a RFB lançou as multas do exercício 2009 e depois de muita cobrança a Lei 13.079 foi editada em 19/01/2015 anistiando as multas lançadas conforme os art. 48, 49 e 50 da mesma Lei.

A Fenacon já se pronunciou em seu site: http://www.fenacon.org.br/noticias-completas/3439

Vale lembrar que naquela época, aqueles que pagaram a multa não puderam pedir a restituição dos valores.

Pelo que entendo nos resta as seguintes saídas:

1. Verificar se as multas são realmente devidas. Caso contrário, entrar com processo de impugnação;
2. Aguardar e torcer para que as multas sejam anistiadas;
3. Paga-las!



há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 09:54

Lembrem-se temos eleições dos CRCs, votem BRANCO, pois ninguém destes representantes estão fazendo nada para categoria, chega de contadores de papel e vendedores de livros. Multa de GFIP para eles é coisa do passado.. O próximo congresso é em FORTALEZA, parece uma chamada para férias em vez de discussões produtivas e reais da categoria que esta sendo sacrificada pelas interpretações absurdas das leis.

há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 09:58

Realmente José Inacio você tem toda razão.
A participação dos Crcs, ou dos Sindicatos em nada nos ajudou, e pelo visto nada será feito.
Teremos que tomar medidas como grupo, como sociedade mesmo, senão não obteremos sucesso!!

há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 09:59

Bom dia.

Em face a baixa arrecadação federal observada nos últimos meses, consequência das crises econômica e política que assolam o país, o governo vem assinalando com a criação ou a reabertura de um parcelamento especial, aos moldes do último Refis.

Justiça a parte, esta seria uma alternativa à redução total ou em parte, dos valores autuados.

Att.

João

há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 10:03

Pessoal, eu tenho muitas entregues fora do prazo, mas sem movimento, gostaria de saber se as multas que estão recebendo é referente a GFIP com ou sem movimento, e onde conseguem viasulizar na consulta de situação fiscal ou no relatorio complementar?

Não recebi nenhum ainda, mas pelo que estou vendo estão chegando aos poucos, estou bem preocupada com a minha situação e com a dos colegas que já receberam. Sobre o pronunciamento da Fenacon, li varias vezes e não entendi, deve ser o nervoso que não me deixar pensar, as GFIPS sem movimento tem ou não tem multa?


obrigado!

há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 10:11

Pessaol,

Temos que focar em um assunto !!!!!

Coloquei sobre a gente se filiar ao Partido do Deputado Laercio autor do projeto de lei 7512/14, vamos lá o que vocês acham ?????

Nossa colega Rosana nos deu uma informação importante sobre Arnaldo Faria de Sá, vamos encher ele de e-mails !!!!!!

Mais temos que focar nesses assuntos mais relevantes para tentar uma soleção !!!!!!

há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 10:14

Rosana Braga, A que recebi teve movimento mas no auto de infração diz que as sem movimentos não entregues na data há multa de R$ 200,00 e as com movimento R$ 500,00

Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;
Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. (Jo 1:12;13)
há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 10:32

lourival,
Me desculpe, mas sua proposta não tem nada haver o mal deste país esta nos partidos, temos que cortar este câncer e não alimentar ele. Tudo de ruim que tem no Brasil vem dos partidos.

há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 10:34

Michele,

A Fenacon pressionou quando a Receita Federal lavrou as multas relativas as competências de 2009 e foi publicada a anistia para as competências até 12/2013, desde que as empresas enviassem as Gfip´s até 20/01/2015.

As empresas que não enviaram as Gfip´s no prazo estão sendo notificadas.

Jorge Luiz Alves Bezerra
Supervisor, coordenador, palestrante, consultor
Legislação Trabalhista e Previdenciária

Site: http://www.jltreinamentoeconsultoria.blogspot.com
ASSINE NOSSA NEWSLETTER
email: jltreinamentoeconsultoria@gmail.com
há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 10:36
Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;
Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. (Jo 1:12;13)
há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 11:41

Jose Inacio de França

concordo com as suas palavras,acho que ja passou da hora da categoria se unir e lutar pela categoria!

o sucesso de amanha, depende do empenho hoje!!!
há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 11:48

Não é minha praia, mas acredito que foi empurrado com a barriga. Isso mesmo colegas?!

31 - PL 7512/2014 - do Sr. Laercio Oliveira - que "anula débitos tributários oriundos de multas que especifica".
RELATOR: Deputado JORGE CÔRTE REAL.
PARECER: pela aprovação, com emenda.
RESULTADO:

Retirado de pauta, "ex-officio".

PRP CONTABILIDADE

51-3307.8417 | 51-9234.1309
E-mail. fernando@prpcontabilidade.com
Skype. fernando.prpcontabilidade
WhatsApp. 9116.8343

http://www.prpcontabilidade.com
há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 11:56

Amigos, sim, foi retirado de pauta. Mas os colegas que estão lá em Brasília abordaram diversos deputados que nem sequer sabiam da situação. Eles irão visitar os gabinetes dos deputados para pedirem a aprovação. A escalada não será fácil mas iremos conseguir!

há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 11:58

Bom dia Colegas de Classe!

Concordo que temos que nos unir, mas devemos utilizar a razão e venho através desta acompanhar os fatos e demonstrar minha indignação com a estrutura do país.

Acredito que o caminho correto seria o Ministério Público Federal ingressar com ação contra a Receita Federal, pelo desrespeito ao art 138 do Código Tributário Nacional.

Que Deus ilumine a todos!

há 5 anos Quarta-Feira | 18 novembro 2015 | 13:14

Das empresas que eu estou recebendo os autos já constam os anos de 2010 e 2011.

Os valores são de 2,3,4 mil por empresa, só esses valores já são impossiveis de serem pagos por nosso escritório, a solução será mandar todo mundo embora, e tentar começar tudo de novo, tentar um acordo para parcelamento dessas multas, pois as impugnações provavelmente serão indeferidas, e ai os valores não terão mais os descontos de 50%.

Tá dificil, já estava pensando em abandonar a profissão, pois o trabalho e as punicões são altas, e as recompensas são baixas.

Ainda mais agora, com nossos clientes pedindo redução de honorários, chegam essas multas, tá dificil demais continuar.

Página 31 de 104
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.