x

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 11

acessos 115

Funcionária aguardando receber novo Auxilio Doença

Diogo

Ouro DIVISÃO 1, Aprendiz
há 14 semanas Terça-Feira | 14 maio 2019 | 20:54

Boa noite!

Uma funcionária estava afastada por Auxilio Doença até DEZ/2018, mas o beneficio foi encerrado.

NO entanto a funcionária, ainda esta impossibilitada de trabalhar, pois ainda permanece com problemas de saúde.

Entre 20/12/2018 a 20/03/2019 (90 dias) ficou de atestado médico.

Minha dúvida é como considerar essa funcionária na Folha? Como proceder?

Ela esta tentando pegar mais uma vez o Beneficio do Auxilio Doença, mas esta aguardando a Pericia do INSS.

Nesse ínterim, ela não esta trabalhando. Devo lançar como falta? Ou licença não remunerada? Outra lança de outra forma?

E se o INSS deferir o pedido do Auxilio Doença como devo proceder?

Bem, se puderem me ajudar agradeço.

Consultor Especial

Carlos Alberto dos Santos

Consultor Especial , Analista Pessoal
há 14 semanas Quarta-Feira | 15 maio 2019 | 06:56

Diogo, bom dia.
Vai depender do médico do trabalho, esse que irá posicionar a empresa.
Nos do dp/rh não temos formação técnica para avaliar a saúde do trabalhador.
Se a empresa, sem autorização do depto médico, negar, advertir, ou mesmo colocar falta, o empregado ou a familia do mesmo poderá acionar a justiça do trabalho, por danos morais, e conforme a gravidade outra esfera judicial.
Então e muito IMPORTANTE encaminhar o empregado(a) ao médico do trabalho, ok..

Diogo

Ouro DIVISÃO 1, Aprendiz
há 14 semanas Quinta-Feira | 16 maio 2019 | 15:08

Prezado colega Carlos!!

Grato em receber sua resposta.
Interessante o que você abordou.

Muito obrigado!!

Karina Louzada

Diamante DIVISÃO 1, Contador(a)
há 13 semanas Terça-Feira | 21 maio 2019 | 17:44

Diogo

Como ela apresentou atestado médico logo após o término do benefício e está com perícia agendada, eu deixo ela em beneficio no sistema.

Lançar faltas não é o correto.

Agradecida,

Karina Louzada de Oliveira -Vitória-ES.

Diogo

Ouro DIVISÃO 1, Aprendiz
há 13 semanas Quarta-Feira | 22 maio 2019 | 19:04

Prezada colega Karina, fico feliz em receber essa informação de você!! 
(Na minha visão você é uma profissional a qual posso confiar assim como o colega Carlos Alberto)

Deus os abençoe!!

Elisabete Vitoriano Machado

Ouro DIVISÃO 2, Não Informado
há 13 semanas Quinta-Feira | 23 maio 2019 | 15:44

Karina e Carlos Alberto, boa tarde!
Posso pedir a ajuda de vocês?
Estou com uma funcionária afastada por doença não relacionada ao trabalho desde 05/2016, o INSS reconheceu o benefício até 10/2016 porém o médico do trabalho não atestou aptidão e mandou voltar ao INSS, desde então ela já fez várias pericias e não obteve o beneficio, agora está com recurso judicial.
Como devo tratá-la na minha folha? Está como afastada por auxilio doença mas pelo que entendi em algumas postagens aqui no fórum devo alterar para licença não remunerada.
Isso procede? Como fica no eSocial?
Agradeço antecipadamente por qualquer ajuda!

O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano. (Isaac Newton).
Consultor Especial

Carlos Alberto dos Santos

Consultor Especial , Analista Pessoal
há 13 semanas Quinta-Feira | 23 maio 2019 | 15:57

Elisabete, boa tarde.
Nossa faz tanto tempo, desde 2016??
Na folha nada muda, continua como afastamento, isso porque o médico do trabalho não autorizou, o que você precisa fazer e ter esse ASO do médico do trabalho e também (se possivel) laudo, assim caso seu superior questione, tem como provar.
O que deve também fazer e convocar a empregada e verificar como está, e também sugiro que ela já vá procurando um advogado previdenciário, o recurso demora em média 30 dias, então já se passaram.

Diogo

Ouro DIVISÃO 1, Aprendiz
há 13 semanas Quinta-Feira | 23 maio 2019 | 17:44

Karina e Carlos, satisfação em pode contar com vossas ajudas...

Essa questão levantada pela colega Elisabete, é bem semelhante ao meu caso. 

Abraços até mais...

Elisabete Vitoriano Machado

Ouro DIVISÃO 2, Não Informado
há 12 semanas Quarta-Feira | 29 maio 2019 | 14:53

Boa tarde colegas.
Muito obrigada pela atenção de todos.
Então, a empregada já está com processo na justiça a muito tempo.
Temos sempre contato com ela, temos os exames médicos inaptos pelo médico do trabalho e laudos dos médicos que fazem o tratamento dela.
Grata!

O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano. (Isaac Newton).

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.