2019-08-14T16:55:48-03:00
x

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 7

acessos 121

há 17 semanas Quarta-Feira | 14 agosto 2019 | 16:55

Boa tarde!

Estou com um funcionário que teve um infarto no dia 26/07 e estava internado até hoje. Quais os procedimentos para o afastamento nesse caso? Qual o atestado devido? 

há 17 semanas Quarta-Feira | 14 agosto 2019 | 17:11

Boa tarde!

Independente do motivo da doença ele deve apresentar atestado médico (funcionário solicita ao médico que atendeu ele), primeiros 15 dias pagos pela empresa e o restante dos dias pelo INSS. Após ele apresentar o atestado vc encaminha ele para pericia no INSS.

há 17 semanas Quinta-Feira | 15 agosto 2019 | 10:11

Bom dia!

Sonia,

Vc faz o requerimento de auxilio doença, colhe a assinatura do empregador e entrega neste caso para a esposa ir até o INSS agendar a perícia médica, já que ele ainda encontra-se internado. O quanto antes pois tem prazo se não me engano de 30 dias.

há 17 semanas Quinta-Feira | 15 agosto 2019 | 10:58

Bom dia, Sonia.

Com o atestado do médico, você consegue realizar o agendamento pela internet, pra agilizar.

Eu prefiro fazer dessa forma, pois assim você já tem os códigos do benefício caso precise consultar futuramente a situação dele perante o INSS. Já tem a data da perícia e consegue também consultar o resultado do Comunicado de Decisão do INSS, sem ficar dependendo que o funcionário leve o documento até a empresa.

E como o colega Marcelo comentou, isso tem que ser feito logo, pois se passar dos 30 dias, o cálculo para pagamento referente ao afastamento vai ser contado a partir do dia em que foi dada a entrada no pedido e não desde o 16º dia do afastamento, ok?

A felicidade é um bem que se multiplica ao ser dividido.
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.