x
2020-02-10T14:16:11-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 19

acessos 6.980

GUIA EMPREGADA DOMESTICA EM ATRASO E-SOCIAL

há 32 semanas Segunda-Feira | 10 fevereiro 2020 | 14:16

Estou tentando gerar uma guia em atraso mas está aparecendo a seguinte mensagem : "Não existe índice de atualização monetária cadastrado no sistema para o dia 10/02/2020. Tente gerar a guia no próximo dia útil."

Como proceder ???

Att 
Letícia Esteves
há 32 semanas Terça-Feira | 11 fevereiro 2020 | 08:23

Isso mesmo a mensagem continua: Não existe índice de atualização monetária cadastrado no sistema para o dia 11/02/2020. Tente gerar a guia no próximo dia útil.
Somos reféns desses sistemas. Aja paciência.

AKS Contábil (Kleber)
há 32 semanas Terça-Feira | 11 fevereiro 2020 | 08:31

Complicado, o cliente fica na espera e o juros vai comendo :/
Fica a impressão que o escritório não quer ou esquece de fazer a guia.
Acabei de tentar (11/02/2020 às 08:30) e dá a mesma mensagem.

"O sucesso é alcançado e conservado por aqueles que não deixam de tentar."
há 32 semanas Terça-Feira | 11 fevereiro 2020 | 09:20

Bom da,

O meu também está dando... um absurdo.

Não existe índice de atualização monetária cadastrado no sistema para o dia 11/02/2020. Tente gerar a guia no próximo dia útil.

há 32 semanas Terça-Feira | 11 fevereiro 2020 | 09:37

Suspenso o envio de eventos de remuneração S-1200 da competência JANEIRO/2020 até publicação da portaria com tabelas de alíquotas do INSS e salário-família para 2020Eventos de Remuneração (S-1200) referentes a competências anteriores, bem como eventos de Desligamento (S-2299) e Término do TSVE (S-2399) poderão ser enviados. Folha do módulo Doméstico de janeiro/2020 será liberada apenas após a publicação da portaria.

Módulo DomésticoA folha de pagamento de janeiro/2020 do Módulo Doméstico será disponibilizada após a publicação da referida portaria.

há 32 semanas Terça-Feira | 11 fevereiro 2020 | 10:05

Liberado o envio de eventos de folha para o eSocial após publicação de portaria que reajusta valores previdenciários
Portaria nº 914, de 13/01/2020, da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, reajustou salários de contribuição, além de benefícios e demais valores da Previdência, dentre eles o salário-família. Empregadores já podem transmitir folhas de pagamento de janeiro/2020.
Publicado: 14/01/202015h22,Última modificação: 14/01/2020 15h32
Foi publicada hoje(14) a Portaria nº 914, de 13/01/2020, da SecretariaEspecial de Previdência e Trabalho, que divulga a tabela de faixas para
atribuição de alíquotas previdenciárias, bem como limite de salários de contribuição ao INSS, além de reajustar os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS e os demais valores constantes do Regulamento da Previdência Social - RPS.
A cota de salário-família passou a ter o valor de R$48,62, sendo paga aos segurados com remuneração mensal não superiora R$1.425,56.
A publicação da Portaria era aguardada para que fosse desbloqueado o envio dos eventos periódicos de janeiro/2020 (folhas de pagamento) ao e Social, uma vez que os cálculos realizados pelo sistema se baseiam nesses valores. Com isso, os empregadores já podem enviar os eventos de remuneração ao e Social referentes à competência janeiro/2020.
Por força da reforma da Previdência (Emenda Constitucional nº 103/2019),a partir de 01/03/2020, serão aplicadas novas alíquotas, de forma progressiva. 
MÓDULO DOMÉSTICO
Está liberada a folha de janeiro/2020 para o Módulo Doméstico do eSocial, já atualizado inclusive com o novo valor do salário-família.
Fonte: Portal do E-Social

há 32 semanas Terça-Feira | 11 fevereiro 2020 | 13:40

Alô, amigos.. Já está emitindo as guias em atraso. Pelo menos consegui emitir 02 agora. Vou continuar porque, no meu caso, são muitas. Se der algum problema volto a reportar com vocês. Boa sorte a todos!!

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.