x
2020-10-21T12:56:40-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 12

acessos 2.250

DECLARAÇÃO DE ÚLTIMO DIA TRABALHADO

há 5 semanas Quarta-Feira | 21 outubro 2020 | 12:56

Olá, Boa tarde. 

Estou em dúvida do ultimo dia trabalhado.

Tenho 5 atestados/laudos:

17/07/2020 à 20/07/2020. (4 DIAS)SEM CID.
21/07/2020 à 21/07/2020. (1 dia) COM CID
22/07/2020 à 20/08/2020.(30 dias) COM CID
20/08/2020 à 30/09/2020.(40 dias) COM CID 
Todos os atestados acima é sucessivos sem intervalo. 

Voltei a trabalhar e após 13 dias trabalhado um novo atestado que é do dia 13/10/2020 à 25/10/2020 COM CID. - TODOS DO MESMO CID. 

DIA 09 tenho perícia no INSS e afinal a empresa deverá colocar qual data no meu último dia trabalhado para apresentar ao perito? 

No aguardo se alguém poder me ajudar novamente com essa dúvida. 

Att.

Consultor Especial
há 5 semanas Quarta-Feira | 21 outubro 2020 | 15:22

Kaique, boa tarde.
O ultimo dia de trabalho no seu caso e o dia 16.07.2020, e no dia da pericia você deve levar todos os atestados, e mencionar ao medico perito que voltou ao trabalho no dia 01.10, mas voltou a se afastar no dia 13 de Outubro, levando o atestado, ok.
A empresa pode também fazer um comunicado ao INSS e você levar no dia da pericia, ok

há 5 semanas Sexta-Feira | 23 outubro 2020 | 13:14

Carlos, Boa tarde. Estou pedindo a 2 semanas a minha DUT e agora essa declaração. Eles estão me enrolando pra dar. Minha perícia vai chegar e nada até agora.. e no meu laudo de retorno meu médico concluiu que sofro de Síndrome de BORNOULT o que me levou a ter ansiedade e depressão. Eles não querem emitir CAT,dizendo que os primeiros atestados o médico colocou que sofro depressão, ansiedade generalizada e transtorno pós traumática(Por causa de assaltos.. fui jogado no Rio Tietê e tenho trauma disso até hoje). Esse atestado de 13 dias foi colocado também a sidrome de BOUNORT. Que é esgotamento profissinal. Entendo que meu médico não colocou no começo mas colocou no meu retorno também esse cid. Z.78. Deve ser aberto CAT? Eles nao retornam. Posso procurar quem? Ministério do trabalho.. sindicato.. o que? No aguardo amigo.

Consultor Especial
há 5 semanas Sexta-Feira | 23 outubro 2020 | 15:45

Kaique, boa tarde.
Com relação a CAT, entendo que não, CAT só e emitida quando se é relacionado ao trabalho, se esse assalto foi dentro da empresa e você ficou como refém ai sim, caso contrário não.
Com relação a declaração da empresa, se a mesma não o fizer, faça você mesmo de próprio punho, mencionando ao INSS as datas dos atestado, como você fez acima. E importante levar além dos atestados médicos, laudo médico, nome dos medicamentos(receituário), e também de suma importância o B.O., ok..

há 5 semanas Sexta-Feira | 23 outubro 2020 | 16:36

Não não, eu faço tratamento a tempos e tava melhor, a empresa que trabalho é muita pressão por vendas.. é muito questão de trabalho o que realmente gerou essa ansiedade em mim. A ANSIEDADE e depressão é devido ao Síndrome de Bornout que queria que abrisse CAT pq realmente foi pela empresa.. só que meu médico colocou no laudo de retorno à Sidrome de BORNOULT  o que me levou a ter a ANSIEDADE que não tinha. O trauma do assalto foi fora da empresa e tem MUITO TEMPO já..  foi antes de entrar nessa empresa.  Tô falando o AFASTAMENTO foi devido a ansiedade e depressão mista .. juntamente com depressão pós traumática.. no meu RETORNO depois de quase 80 dias o médico inseriu crise de BORNOULT para os dois primeiro casados..  Não pelo trauma dos assaltos. Mas ele colocou e concluiu que isso é devido ao TRABALHO a ANSIEDADE e colocou no laudo de retorno. Entendeu?

Consultor Especial
há 5 semanas Sábado | 24 outubro 2020 | 07:15

Kaiaque, bom dia.
Nesse caso, agora que você explicou melhor, se a empresa não fornecer a CAT, então no dia da pericia você deve mencionar isso ao médico perito, esse PODERÁ ou NÃO considerar doença profissional, caso negativo então caberá a justiça, através de um(a) advogado(a) previdenciária, ok..

há 4 semanas Sexta-Feira | 30 outubro 2020 | 11:16

Carlos,bom dia! 
Eu voltei de um afastamento de 70 dias de INSS. .  voltei dia 01/10 E trabalhei até dia 13/10... tornando a me afastar em 13/10  portanto nesse atestado o médico colocou o mesmo CID e a empresa considerou que o INSS tem que me pagar pq foi continuação do mesmo CID pois houve afastamento no período de 60 dias novamente. A minha dúvida agora é passei em consulta agora com o médico e ele me deu um novo afastamento de 15 dias porém sem CID mas a especialidade do médico é mesma é é outro psiquiatra.  A empresa vai interligar o atestado pro INSS pagar ou vai me pagar os 15 dias? Minha perícia é dia 09. No aguardo. 

Consultor Especial
há 4 semanas Sexta-Feira | 30 outubro 2020 | 11:55

Kaique, bom dia.
O CID não é obrigatorio, tudo vai depender do médico,.
Sim, a empresa está correta, cabe ao INSS continuar o pagamento, isso porque a legislação menciona que se o empregado afastar dentro de 60 dias em virtude da mesma doença, a empresa não é obrigada a pagar, cabendo ao INSS, ok

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.