x
2020-12-01T18:33:43-03:00

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 2

acessos 59

Monitoramento de funcionários com Covid

há 6 semanas Terça-Feira | 1 dezembro 2020 | 18:33

Boa tarde! 

Uma empresa de CNAE principal 70204-00 (Consultoria em gestão empresarial) e secundário 71197-04 (Serviços de perícia técnica relacionados à segurança do trabalho) quer prestar serviço à uma empresa maior, uma indústria oferecendo o trabalho de uma pessoa para monitorar funcionários que se afastaram por Covid e dos que trabalhavam próximos e estão em casa. Minhas dúvidas são: a empresa com esta atividade poderia prestar este serviço ou se teria que ser uma empresa de atividade na área de saúde? E a pessoa que vai monitorar também precisaria ser da área da saúde? Como uma enfermeira por exemplo ou não precisa? Fiz uma pesquisa mas não encontrei nada concreto, se alguém tiver um caso parecido e puder me ajudar agradeço.

Obrigada

Débora

 

Consultor Especial
há 6 semanas Quarta-Feira | 2 dezembro 2020 | 08:02

Deborah, bom dia.
No caso de monitoriamento não vejo problema, afinal é uma empresa de segurança do trabalho, MAS precisará ter apoio/convênio com Medicina do Trabalho, haja visto que a segurança do trabalho NÃO tem autonomia para dispensar, cabendo somente ao Médico do trabalho.
Em empresa de médio/grande porte, acho dificil de ingressar, isso porque já tem essa área. 

há 6 semanas Quarta-Feira | 2 dezembro 2020 | 12:28

Bom dia Carlos Alberto!

Muito obrigada pela orientação! Então acredito que não terão problemas pois será apenas para fazer o monitoramento de quem já está afastado em casa, não terão a responsabilidade de dispensar. E me informaram que a pessoa que fará o monitoramento será mesmo uma enfermeira. Acho que eles terão também parceria com medicina do trabalho. Então acho que vai dar certo.

Mais uma vez obrigada pela informação e atenção!

Débora

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.