x

FÓRUM CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO PESSOAL E RH

respostas 29

acessos 37.143

Patricia Camargo

Bronze DIVISÃO 1, Analista Recursos Humanos
há 14 anos Terça-Feira | 11 setembro 2007 | 16:38

Boa tarde,

Alguém poderia me orientar em uma dúvida, tenho um funcionário com salário bruto de R$ 1.500,00, não possui dependentes, ele então teria um valor a pagar de IR de R$ 3,20 p/ mês, segue minhas dúvidas conforme abaixo:

Neste caso como procedo o recolhimento do darf, já que o valor mínimo para recolhimento do darf é de R$ 10,00 ?

Este valor de R$ 3,20 deve aparecer no campo de descontos do demostrativo de pagamento do funcionário ?

Desde já agradeço

Patricia Camargo

Mozart Rodrigues e Silva Neto

Ouro DIVISÃO 1, Analista Pessoal
há 14 anos Terça-Feira | 11 setembro 2007 | 16:46

Bem, não tenho muita experiência nessa questão de IR, mas andei lendo e vi o seguinte:

Se o salário bruto dele é 1500,00 deveria ser descontado dele e recolhido 15% (225,00) com uma dedução de 197,05, certo?

Sendo assim o valor a recolher de IR seria 27,95, não???

Me corrijam se estiver errado, por favor!!!

Patricia Camargo

Bronze DIVISÃO 1, Analista Recursos Humanos
há 14 anos Terça-Feira | 11 setembro 2007 | 16:53

Oi,

Mozart,

Boa tarde,

O cálculo seria o seguinte ?

Salário Bruto: R$ 1.500,00
INSS R$ (165,00) - refere-se á 11% do salário bruto
total R$ 1.335,00
multiplica-se por 15% que o resultado é R$ 200,25 e desde valor é que subtrai o valor da dedução de R$ 197,05

e chega-se ao IR de R$ 3,20, é esta a minha dúvida se este valor deve aparecer no demostrativo de pagamento e se eu devo recolher o darf. já que o valor mínimo para pagamento é de R$ 10,00.

Mesmo assim agradeço a sua ajuda.

Obrigada .

Mozart Rodrigues e Silva Neto

Ouro DIVISÃO 1, Analista Pessoal
há 14 anos Terça-Feira | 11 setembro 2007 | 16:59

Ah, desconta-se o IR do valor já com o INSS deduzido, né? Entendi...

Acho q esses 3,20 deve aparecer no demonstrativo dele, sim. E como é menor que 10,00, acumula até chegar nesse valor. Mas, é só uma dedução. Vou dar uma pesquisada com mais calma...

Viviane Trentin

Bronze DIVISÃO 5, Analista Pessoal
há 14 anos Quarta-Feira | 12 setembro 2007 | 08:09

Oi Monique
No caso o IR fonte não acumula de um mês para o outro, o que pode ser feito é somar o valor deste IR junto com outros funcionários dentro do mês ai sim vc deverá fazer o desconto, caso contrário não é nescessário.
Abraços

Cláudio Eugenio Lopes

Ouro DIVISÃO 1, Contador(a)
há 14 anos Quarta-Feira | 12 setembro 2007 | 08:46

Olá

Complementando:

De acordo com art. 67 da Lei nº 9.430/96 e a IN SRF nº 85/96, a partir de 01.01.97 está dispensada a retenção de Imposto de Renda na Fonte de valor igual ou inferior a R$ 10,00, incidente sobre rendimentos que devam integrar a base de cálculo do imposto devido na declaração de ajuste anual do beneficiário.

No citado texto, não se comenta que valor abaixo ao estipulado, deve ser acumulado para então efetuar o recolhimento.

Em resumo, sendo valor abaixo de R$ 10,00, ignora-se seu recolhimento.

At

Cláudio Lopes

Eugênio Lopes Administração de Pessoal

Monique Serafim Silvares

Prata DIVISÃO 3, Auxiliar Escritório
há 14 anos Quarta-Feira | 12 setembro 2007 | 14:15

descupa gente,

é pq o programa de dp q tenho aki eu não preciso fazer este controle ele controla para mim, ou seja acumula e quando chega no valor correspondente ele desconta.

ok!

mas surgiu uma duvida será que o pragrama tá fazendo o correto por lei, viviane.

Zilva Candida

Ouro DIVISÃO 1, Auxiliar Administrativo
há 14 anos Quinta-Feira | 13 setembro 2007 | 12:48

Mozart,

o imposto de renda deverá ser descontado de acordo com a seguinte fórmula:

Salário base + adicionais + h.ex + dsr - faltas = base de calculo - valor a abater por dependentes - valor do INSS - valor da pensão alimentícia x percentual a que incidir - parcela a deduzir = IRRF a recolher.


abç!

"Que Deus me dê Serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, Coragem para mudar as que posso e Sabedoria para distinguir uma da outra."

Zilva


Martha Pasco Jauch

Bronze DIVISÃO 5, Gerente Recursos Humanos
há 11 anos Quarta-Feira | 11 agosto 2010 | 14:34

Oi mozart.. eu estava lendo os topicos e vi que vc escreveu que daria uma pesquisada. sobre:
confirmar se quando o ir da folha der menor que 10 reais, se na folha do mes seguinte temos que somar com os "menos que 10 reais" para recolher e descontar do funcionário. vc já obteve este resposta?

Pereira

Prata DIVISÃO 2, Auxiliar C.P.D.
há 11 anos Quarta-Feira | 11 agosto 2010 | 20:11

apenas se desconto o imposto de renda menor ou igual a 10,00 reais, sobre o 13 salário, pois neste caso o valor minimo não é aplicavel, pois trata-se de tributação exclusiva na fonte, ou seja o empregado não consegue restituição na sua declaração de ajuste anual, quanto o pagamento mensal, se pela tabela mensal, ai com todas suas deduções, quando for aplicado ( deduçoes) permitidas, INSS, dependente, valor quando descontado do empregado a título de pensão alimentícia, lembrando para o mesmo dependente que o empregado paga pensão, este "dependente" não pode entrar para dedução da base de cálculo, contribuição para entidades INSS( previdência privada) e FAPI, portando rendimento tributável - previdência oficial, previdência privada e ou fapi, dependentes, pensão alimentícia= imposto retido. espero ter ajudado, há lembrando não há acumulação do imposto de renda menor que 10,00, por exemplo o desc. em um determinado mês para este empregado foi de 6,00, sem desconto, no mês seguinte, 6,00 tb não haverá desconto, portanto sistema de folha que estiver acumulando, e que no exemplo, acima no segundo mês descontar do empregado 12,00, esta comentendo uma infração, e lesando o trabalhador.

Martha Pasco Jauch

Bronze DIVISÃO 5, Gerente Recursos Humanos
há 11 anos Quarta-Feira | 11 agosto 2010 | 20:19

Suponhamos que houve 6,00 ir para um funcionário e para outro 5,00. para empresa, teríamos um total de 11,00 para recolher. então neste caso eu desconto dos funcionários. correto?

2º caso:
sobre o 13º entendi que ESPECIFICAMENTE no caso 13º, aí se o desconto for menor que 10,00 este sim desconta. ou eu inverti tudo?

Pereira

Prata DIVISÃO 2, Auxiliar C.P.D.
há 11 anos Quinta-Feira | 12 agosto 2010 | 11:41

Suponhamos que houve 6,00 ir para um funcionário e para outro 5,00. para empresa, teríamos um total de 11,00 para recolher. então neste caso eu desconto dos funcionários. correto?


Não desconta dos funcionários, só se fosse 13 salário, e a empresa não recolhe, pois não haverá desconto algum neste caso, voltando a frisar se este caso fosse o 13 salário ai, sim vc teria que pagar um darf código 0561, folha de pagamento, em contra partida descontar dos funcionários.

um abraço

Martha Pasco Jauch

Bronze DIVISÃO 5, Gerente Recursos Humanos
há 11 anos Quinta-Feira | 12 agosto 2010 | 12:03

desculpe minha burrice. mas eu entendi que menor que 10,00 não recolhe, não desconta e não é cumulativo.

Meu questionamento é:
SE eu tiver DOIS funcionarios com desconto de IR em folha: Um com 5,00 de IR, outro com 6,00 de IR. O total da DARF nesta folha de pagamento será de R$11,00. Que é um valor SUPERIOR a R$10,.00.
Então: ...
O que conta não é o valor total destes funcionarios que gera a DARF?
No caso eu exemplifiquei 2 funcionarios que dariam 11,00 de DARF. .
Neste caso sendo superior o total da darf, não tenho que recolher a DARF?

Martha Pasco Jauch

Bronze DIVISÃO 5, Gerente Recursos Humanos
há 11 anos Quinta-Feira | 12 agosto 2010 | 12:32

Oba.. Obrigada Leila.. Você é minha anja.. Agora finalmente compreendi que mesmo que eu tenha 20 funcionários na folha e o valor de cada um deles der menor que 10,00 , devo considerar individualmente..
Leila.. já abusando.. eu postei algo que devo pedir desculpas se dupliquei.. Meio que me perdi.. Mas infelizmente não obtive a resposta..
O caso está no tópico cfe link
http://www.forumcontabeis.com.br/ler_topico.asp?id=40167

caso possa me ajudar.. obrigada mesmo..

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.