MOMENTO CONTÁBEIS

Tabela de IR sem reajuste | Revisão no EPC | Piso salarial da sua categoria

Contábeis o portal da profissão contábil

22
Sep 2018
01:49

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Substituição Tributária

4respostas
762acessos
  

Milena

Usuário Novo

profissãoAssessor(a) Contabilidade
mensagens11
pontos72
membro desde02/03/2018
cidadeSao Joao Batista - SC
Postada:Sexta-Feira, 2 de março de 2018 às 16:33:25
Olá pessoal boa tarde,

Como faço para saber se um item tem ST ou não? É pelo NCM? e onde acho essa tabela para SC e RS?
E importação tem ST? Pois vi que na tabela de CFOP nenhum que começa com 3 tem essa informação.
Fabrício Caetano Moraes

Usuário 2 Estrelas de Prata

profissãoAnalista Financeiro
mensagens680
pontos4.996
membro desde17/03/2012
cidadeItapetininga - SP
Postada:Sexta-Feira, 2 de março de 2018 às 21:13:23
Prezada Colega, boa noite, seja muito bem vinda ao Fórum Contábeis, espero podermos trocar bastante experiências!





A Forma de saber se um produto tem ST ou não é verificando na Legislação, não tem outro meio a não ser esse, o que podemos utilizar são ferramentas que nos ajudem a tornar esse serviço mais "prático e dinâmico", ferramentas como o Simulador Tributário da IOB e das Consultorias como ECONET, CENOFISCO, COAD, etc... Eu utilizo da FISCONET atualmente e não tenho do que reclamar, essas ferramentas permitem que se façamos a buscar tanto por NCM quanto por descrição de produtos para ver se tem ST e inclusive Protocolos e Convênios, mas é claro que é preciso ter conhecimento na área tributária para utilizá-las corretamente.

Eu creio que no seu caso, a grande parte das informações referente a Substituição Tributária se encontram no Anexo 3 do RICMS/SC.

Sua dúvida é muito comum, principalmente para quem está começando a mexer com Substituição Tributária, eu tive a mesma dúvida no início também, mas foi somente com o tempo que fui entendendo melhor a sistemática, deixo como sugestão então que conheça essas ferramentas, a maioria delas permitem um uso de teste para experimentá-las.




Att,

"Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento;"

Provérbios 3:13



Graduando em Gestão Financeira


Atividades: Consultoria Financeira e de Custos e Gestão Fiscal/Tributária
Milena

Usuário Novo

profissãoAssessor(a) Contabilidade
mensagens11
pontos72
membro desde02/03/2018
cidadeSao Joao Batista - SC
Postada:Segunda-Feira, 5 de março de 2018 às 17:15:08
Muito obrigada pelas dicas Fabrício.
Aleksandra dos Santos

Usuário 5 Estrelas Novas

profissãoAssistente
mensagens400
pontos2.742
membro desde12/08/2015
cidadeSanto Andre - SP
Postada:Terça-Feira, 10 de abril de 2018 às 14:51:49
Fabrício Caetano Moraes , boa tarde , por favor você poderia me ajudar estou com duvidas no assunto abaixo:

eu utilizo o ECONET , e preciso saber uma coisa :

eu sou do simples nacional - SP e comprei mercadorias de MG e meu fornecedor também é do simples nacional eu tenho que calcular diferencial de aliquota ou o icms st ? o ncm é 20.06.00.00

Fabrício Caetano Moraes

Usuário 2 Estrelas de Prata

profissãoAnalista Financeiro
mensagens680
pontos4.996
membro desde17/03/2012
cidadeItapetininga - SP
Postada:Segunda-Feira, 16 de abril de 2018 às 00:11:25
Boa noite Prezada Colega, tudo bem?


Peço perdão, só agora vi sua mensagem porque a notificação dela estava no Spam do meu e-mail, para ser sincero, é muito difícil dar uma orientação bem acertada por aqui devido a complexidade da nossa legislação que pede uma grande gama de informações para o correto tratamento tributário.

O que posso lhe dizer é que esse NCM se encontra descrito entre os produtos sujeitos a Substituição Tributária conforme Item 10, alínea "g" do Art. 313-W do RICMS/SP, contanto é claro que o produto em questão se enquadre na descrição dada neste dispositivo:

"g) produtos hortícolas, frutas, cascas de frutas e outras partes de plantas, conservados com açúcar (passados por calda, glaceados ou cristalizados), em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1 kilo, 2006.00.00;"


Outra informação importante, existe um Protocolo firmado entre MG e SP que engloba esse NCM, é o Protocolo ICMS 28/2009, de acordo com a Cláusula Primeira deste protocolo, a responsabilidade pelo recolhimento do imposto a ser retido é do Remetente da Mercadoria, mas devem ser observadas também as exceções previstas na cláusula segunda desse mesmo protocolo onde ele não terá efeito. Lhe recomendo então uma leitura atenta nesse protocolo.


Se quiser me passar melhores detalhes desta operação, como de que produto se trata e mais detalhes do fornecedor e do adquirente talvez eu possa lhe ajudar melhor, exemplo: Se o destinatário é fabricante da mesma mercadoria.



Espero ter contribuído!




Att,

"Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento;"

Provérbios 3:13



Graduando em Gestão Financeira


Atividades: Consultoria Financeira e de Custos e Gestão Fiscal/Tributária

Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

POSTS RELACIONADOS

conheça mais

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César