C U R S O   O N - L I N E

Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2019. Aprenda com quem vive a contabilidade.

Contábeis o portal da profissão contábil

22
Mar 2019
06:01

BUSCAR NO FÓRUM

buscar


Minha empresa está ativa, mas com denegação de uso.

9respostas
557acessos
  

profissãoAgente Financeiro
mensagens5
pontos29
membro desde20/09/2018
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 20 de setembro de 2018 às 10:45:59
Caros, Bom dia!
Necessito de uma ajuda urgentemente!
Abri uma empresa no dia 03/09, estava emitindo nota fiscal normalmente até o dia 12/09, quando no momento de transmissão para Sefaz, apareceu ''Denegação de uso''. Porém a minha empresa não tem nenhuma pendencia fiscal.

CNPJ - ATIVO
IE - ATIVO
Empresa credenciada para emissão na secretaria da fazenda.

Outras empresa conseguem emitir notas de saída para eu meu CNPJ, mas eu não consigo para as demais.
Meu contador também não sabe mais oque fazer.
Cheguei ir até um posto fiscal, fui informado que na questão administrativa, está OK.

Meus destinatários também estão com a situação OK, perante o fisco.

Segue dados da minha empresa:
CNPJ: 31.408.500/0001-90
IE: 119.923.407.116
Razão Social: Poliemb Embalagens Plásticas Ltda.


POR FAVOR ! ME AJUDEM AMIGOS!

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Tedy Luis de Souza

Usuário Estrela Dourada

profissãoAnalista Fiscal
mensagens1.069
pontos6.164
membro desde30/10/2011
cidadeSao Jose do Rio Preto - SP
Postada:Quinta-Feira, 20 de setembro de 2018 às 15:15:01
Paulo Henrique Andreotti da Crus, boa tarde.

Vem algum código junto dessa denegação de uso?

ATT.
Tedy

1 pessoa aprovou esta mensagem.

profissãoAgente Financeiro
mensagens5
pontos29
membro desde20/09/2018
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 20 de setembro de 2018 às 16:13:27
Paulo Henrique Andreotti da Crus, boa tarde.

Vem algum código junto dessa denegação de uso?

ATT.
Tedy


Nem Código de erro apresenta !

Apenas uma denegação de uso e o protocolo - 135180643058083
Jose Flavio da Silva

Usuário 3 Estrelas Douradas

profissãoAtendente
mensagens2.270
pontos12.979
membro desde24/10/2017
cidadeFortaleza - CE
Postada:Quinta-Feira, 20 de setembro de 2018 às 16:48:21
Denegação ocorre quando o emitente ou o destinatário tem problemas fiscais e tais problemas fiscais são definidos por cada Estado. Será que o emitente ou o destinatário não têm débitos fiscais reiterados (O Estado pode estar usando esse artifício para forçar o pagamento. O contribuinte ativo pode estar em regime especial, ou seja, perdem alguns de seus direitos fiscais até quitar seus débitos).
Nesses casos a solução é buscar o Fisco, ou o emitente ou destinatário, mesmo ativo no cadastro, pode estar em falta com o Fisco e a maneira do Fisco forçar a solução das pendências pode ser denegar a NF-e.
Busque o Fisco, a solução é essa!

1 pessoa aprovou esta mensagem.

profissãoAgente Financeiro
mensagens5
pontos29
membro desde20/09/2018
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Sexta-Feira, 21 de setembro de 2018 às 11:04:41
Denegação ocorre quando o emitente ou o destinatário tem problemas fiscais e tais problemas fiscais são definidos por cada Estado. Será que o emitente ou o destinatário não têm débitos fiscais reiterados (O Estado pode estar usando esse artifício para forçar o pagamento. O contribuinte ativo pode estar em regime especial, ou seja, perdem alguns de seus direitos fiscais até quitar seus débitos).
Nesses casos a solução é buscar o Fisco, ou o emitente ou destinatário, mesmo ativo no cadastro, pode estar em falta com o Fisco e a maneira do Fisco forçar a solução das pendências pode ser denegar a NF-e.
Busque o Fisco, a solução é essa!


José, Obrigado pelo retorno.

Como eu consulto se minha empresa está nessa situação especial?
Eu abri dia 03/09/2018 não teria como empresa ter dividas.
Outra pergunta, eles podem (Legalmente) proibir a minha empresa de emitir notas, se um dos sócios tem uma empresa devendo ICMS?

Desde já agradeço à ajuda.

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Jose Flavio da Silva

Usuário 3 Estrelas Douradas

profissãoAtendente
mensagens2.270
pontos12.979
membro desde24/10/2017
cidadeFortaleza - CE
Postada:Sexta-Feira, 21 de setembro de 2018 às 11:18:03
A doutrina chama de sanção política, ou seja, artifícios que os Fiscos usam para obrigar o contribuinte a pagar seus débitos fora da execução fiscal (Fora da Lei 6.830/80).
Isso não é legal, e é para isso que serve o Judiciário.
Agora, para saber com precisão a pendência fiscal tem que buscar o Fisco, não é este ambiente que lhe dará a resposta.
Boa Sorte!

1 pessoa aprovou esta mensagem.

profissãoAgente Financeiro
mensagens5
pontos29
membro desde20/09/2018
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 27 de setembro de 2018 às 14:59:57
Mensagem Editada por Paulo Henrique Andreotti da Crus em 27/09/2018 15:00:17
Caros amigos, Boa tarde!

Segundo a Sefaz, minha denegação de uso foi devido eu ter emitido muitas notas nos últimos 10 dias.
Pois bem, venho um fiscal até minha empresa no dia 26/07, o mesmo me informou que iria dar um parecer favorável para eu retornar a emitir notas.
Mas até o momento isso não ocorreu, posso entrar um mandado de segurança?

É um verdadeiro absurdo! Denegam o uso antes de fiscalizar, não comunicam o contribuinte e demoram para reativar.

Eles acham que estão acima da LEI!

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Jose Flavio da Silva

Usuário 3 Estrelas Douradas

profissãoAtendente
mensagens2.270
pontos12.979
membro desde24/10/2017
cidadeFortaleza - CE
Postada:Quinta-Feira, 27 de setembro de 2018 às 15:12:56
Devido o volume de NF-e desconfiaram que estava com saídas fictícias, utilizando inscrição estadual de destinatário, enfim.
Não deixa o contribuinte trabalhar porque simplesmente desconfiaram da veracidade de suas emissões.
Peça ao Judiciário que permita que você trabalhe emitindo suas NF-e!

1 pessoa aprovou esta mensagem.

profissãoAgente Financeiro
mensagens5
pontos29
membro desde20/09/2018
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Quinta-Feira, 27 de setembro de 2018 às 15:24:18
Devido o volume de NF-e desconfiaram que estava com saídas fictícias, utilizando inscrição estadual de destinatário, enfim.
Não deixa o contribuinte trabalhar porque simplesmente desconfiaram da veracidade de suas emissões.
Peça ao Judiciário que permita que você trabalhe emitindo suas NF-e!


Com certeza! O estado está impedindo que eu trabalhe!
Isso é um absurdo.
O pior é que eu vou no Posto Fiscal, e nem eles conseguem me ajudar, pois isso é uma ação de trabalho do "núcleo".
É a maior SACANAGEM que vi em toda minha vida.

Desculpem o desabafo, mas é muito revoltante.
Se eu não conseguir emitir notas em até 5 dias, vou declarar falência.

1 pessoa aprovou esta mensagem.

Marla Patricia Batisti

Usuário Novo

profissãoAdministrador(a)
mensagens1
pontos6
membro desde11/01/2019
cidadeSao Paulo - SP
Postada:Sexta-Feira, 11 de janeiro de 2019 às 11:13:02
Paulo, Oi.

Aconteceu o mesmo problema com minha empresa, você conseguiu resolver este problema?



Você precisa ser cadastrado para responder mensagens

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

Facebook


x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César