FÓRUM CONTÁBEIS

LEGALIZAÇÃO DE EMPRESAS

respostas 127

acessos 60.107

Insc. Estadual SP Cassada - inatividade presumida

Marcelo Oliveira Mendes Ouro DIVISÃO 2, Relações Públicas
há 7 anos Segunda-Feira | 10 outubro 2011 | 10:36

Amancio da Silva Mendes

Primeiro o pgd para receita federal, posteriormente posto fiscal.

Até

Marcelo

Paula Souza Castilho Prata DIVISÃO 1, Contador(a)
há 7 anos Terça-Feira | 11 outubro 2011 | 09:55

Olá Cristina e Marcelo!!

Nossa fiquei super feliz da baixa da IE sair sem exigências, pois era algo tão urgente que estava me tirando o sono, pois a abertura de uma nova empresa dependia dessa regularização. Mas deu certo, agora estou aguardando a nova IE, em breve deve sair...

Obrigada a todos pela ajuda, foi primordial para o sucesso do processo!!!! =D

Roberto Bronze DIVISÃO 4, Técnico Contabilidade
há 7 anos Quinta-Feira | 3 novembro 2011 | 11:26


Prezada Paula Souza Castilho

Estou com os mesmos problemas que vc teve desde o dia 13/10/2011 e ainda não saiu a baixa ( código 604) e nova inscrição (código 601) . Toda a documentação de baixa e nova inscrição protocolei nesse dia no PF da Sé-SP.
Indago : depois que saiu a baixa, quantos dias demorou para sair a nova inscrição.
Abç
Roberto

Amancio Mendes Bronze DIVISÃO 5, Consultor(a) Negócios
há 7 anos Quinta-Feira | 3 novembro 2011 | 13:29

Boa tarde
Marcelo Oliveira Mendes


Eu fiz o procedimento que vc me passou e a Receita me deu a seguinte mensagem:

- A situação do CNPJ perante o Estado/Município não permite a prática deste evento.

E agora?
To enrroscado meu amigo. Me ajuda ae meu.....rsrs

AMANCIO S. MENDES
E-mail: contec.sp@terra.com.br
MSN: mendes_1_mendes@hotmail.com
Face: Tuta Mendes
Paula Souza Castilho Prata DIVISÃO 1, Contador(a)
há 7 anos Sexta-Feira | 11 novembro 2011 | 16:15

Olá Roberto!

Respondi sua MP.... espero que dê tudo certo!!!

Marcelo Oliveira Mendes Ouro DIVISÃO 2, Relações Públicas
há 7 anos Sexta-Feira | 11 novembro 2011 | 18:19

Amancio da Silva Mendes

Tudo indica quê seu cnpj já foi baixado pela receita federal, Quanto a baixa no estado o procedimento é feito atráves de baixa por oficio no proprío posto fiscal de sua jurisdição.

Até

Marcelo

Roberto Bronze DIVISÃO 4, Técnico Contabilidade
há 7 anos Sexta-Feira | 25 novembro 2011 | 18:41

Prezados Amigos
Desde o dia 13/10 , portanto há mais de 40 dias , estou aguardando a baixa e nova inscrição de uma empresa considerada inapta por inatividade presumida .Essa empresa não fabrica, não vende e nem revende , sómente presta serviços, porém tem que ter a inscrição estadual.

Fico indignado , temos que cumprir prazos que eles determinam, mas nós contabilistas e contadores ficamos a mercê da boa vontade deles em prazos que eles se quer nos fornecem, como no caso de aberturas , cancelamentos, alterações, etc, tanto na Receita Federal como na SEFAZ ( uma hora falta servidores, outra estão em greve, outra muito serviço acumulado, etc) e assim eles vão levando. Para se agendar alguma coisa na Receita Federal precisamos acordar as 6 hs da manhã para ENTRAR NA NET e tentar conseguir alguma vaga em agendamento, que após as 7 hs não se consegue mais, é preciso ter sorte.
O SESCON - SP / CRC deveriam também encaminhar oficio para que houvesse um prazo e que eles também cumprissem esse prazo e nos informassem
Ironicamente : "Acho que o Brasil, não tem pressa , "as dividas externas estão pagas, as internas, cada vez aumentando mais"
O salário deles todo final de mês está garantido,às nossas custas, trabalhando ou não

CREIO QUE NUNCA O BRASIL IRÁ MUDAR !!! LAMENTAVELMENTE

"CAROS COLEGAS ME DESCULPEM PELO DESABAFO QUE É MERAMENTE SINCERO "

"ALGUÉM PRECISA FAZER ALGO".NÓS JÁ FAZEMOS MUITO EM SER OFFICE BOY DOS GOVERNOS (FEDERAL, ESTADUAL EMUNICIPAL )

Marcelo Oliveira Mendes Ouro DIVISÃO 2, Relações Públicas
há 7 anos Sexta-Feira | 25 novembro 2011 | 20:18

Roberto

100% De Concordância nada - nada + Indignado é exatamente oquê estou com toda esta falta de respeito com a classe.


Marcelo

Roberto Bronze DIVISÃO 4, Técnico Contabilidade
há 7 anos Sexta-Feira | 25 novembro 2011 | 23:14

O contador e o botijão de gás
O culpado é sempre o mordomo? Este enredo já está superado em todas as novelas. Agora, na vida real, é a vez de responsabilizar o contador pelas falcatruas ou negligências. A imprensa tem divulgado que um profissional contábil foi apontado pelo dono do estabelecimento como responsável pela recente explosão em um restaurante no Centro do Rio de Janeiro e que deixou três mortos e 17 feridos.

Como o contador pode ser culpado? Não faz parte de suas atribuições fiscalizar a instalação ou utilização de equipamentos e produtos proibidos, responsabilidade do empresário. Contador é um consultor, não economista, corretor, engenheiro, despachante, nem milagreiro ou vidente.

Cabe ao contador realizar registros, escriturações, demonstrações contábeis e analisar balanços, além de prestar assessoria contábil, ponderando os dados e fazendo projeções para auxiliar o empreendedor nas tomadas de decisões como optar pelo regime mais adequado ao negócio. A carga de responsabilidade do contador não é pouca, visto que responde solidariamente com seus bens pessoais, civil e criminalmente, por atos ilícitos na gestão da empresa, se comprovada a participação.

A eficiência do trabalho contábil passa pela adoção de bons controles internos nas organizações, pois a prestação de contas depende da qualidade dos dados apresentados pelo empresário. O contador pode ser comparado a um botijão de gás, prestes a explodir, por seu papel como mediador entre fisco e contribuinte. O cumprimento de obrigações acessórias passou a ser um grande desafio, que exige consistência dos dados, além da ameaça das multas que comprometem a sobrevivência do negócio.

O contador não pode ser bode expiatório para aqueles que não assumem seus atos criminosos. A contabilidade é uma ciência nobre. Assim como o médico está para a Saúde e o advogado para a Justiça, o profissional e empresário contábil está para o Empreendedorismo.


O autor, José Maria Chapina Alcazar, é contador, presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo - Sescon-SP e da Associação das Empresas de Serviços Contábeis do Estado de São Paulo - Aescon-SP

Marcelo Oliveira Mendes Ouro DIVISÃO 2, Relações Públicas
há 7 anos Sábado | 26 novembro 2011 | 10:52

Roberto

Contabilista em geral de 2007 para cá vem trabalhando muito plugando-se em novas leis, obrigações fiscais e acessórias em geral qual foi o verdadeiro objetivo do governo federal com a implantação do simples nacional do cadastro sincronizado, desburacratizar os processos de abertura legalização e encerramento de empresas.

Somos testemunha de varíos erros cometidos com esta implantação o objetivo era não mais ir as secretarias seja estadual ou federal não deu cérto estamos com pilhas de processos quê precisa sêr analizados na receita e não conseguimos nem o atendimento empresas com inscrição estadual cassada somos obrigados levar requerimentos e muitas vezes provar quê as gias foram entregues e sem contar á má vontade de boa parte dos fiscais quê tem seus salários garantidos e não está nem aí para nossas questões.

Com a implantação do cadastro digital muitos clientes acha quê isso é invenção de contador pois muitos não quer pagar para ter o seu e como sempre o contador é o inventor dos impostos estou cansado de pegar empresas e escutar alguma chacota de empresários ignorantes falando mau de outro coléga de classe já estamos em dezembro e do jeito quê anda tem contabilista quê vai fazer a ceia no escritório em frente a um monitor trabalhando pois espera quê 2012 tem muitas novidades na aréa contábil em geral e a uníca coisa quê tenho certeza não vou deixar um cliente sem o certificado digital já tenho funcionário dentro de empresas ensinando clientes emitir nota fiscal eletronica, mesmo assim muitos chora reclama para pagar nossos honorários veja lá o 13º previsto em contrato de prestação de serviços.

Saudações

Marcelo

Roberto Bronze DIVISÃO 4, Técnico Contabilidade
há 7 anos Sábado | 26 novembro 2011 | 14:22

Caro Marcelo

Veja matéria abaixo :

O Estresse do Contador

Autor: Professor Geraldo Francisco

Atualmente, pesquisadores e profissionais ligados à saúde e ao trabalho humano procuram explicar o impacto no funcionamento psíquico do indivíduo, decorrente das exigências cada vez maiores das empresas e das inovações tecnológicas.

Nesse sentido, foi realizado um estudo de caráter quantitativo, que verificou o nível de estresse ocupacional percebido pelos profissionais contabilistas proprietários e não proprietários de organizações contábeis da cidade de Belo Horizonte. O estresse foi avaliado em cinco variáveis: fontes de pressão no trabalho; sintomas de estresse; diferenças de personalidade; interferência na atividade produtiva e mecanismos utilizados para regulação do estresse. Os resultados encontrados, em 200 contabilistas entrevistados, revelaram que 82% desses contadores perceberam um nível de tensão moderado a muito intenso, provocado por fontes de pressão ocupacionais tais como: a necessidade de se atualizarem face às alterações constantes das legislações, lidar com órgãos públicos, a fiscalização e os prazos apertados para realizarem suas tarefas; todas essas fontes de pressão encontradas são potencialmente estressoras. Contudo 74% dos entrevistados apresentaram mecanismos de administração e regulação de estresse eficiente; como tirar férias regularmente, praticar exercícios físicos e outros.

A partir das correlações aplicadas na pesquisa, verificou-se que as mulheres apresentaram uma ineficiência maior na administração e regulação das situações potencialmente estressoras em relação aos homens. De certa forma, as mulheres, além da jornada de trabalho na empresa, assumem outras atividades no plano familiar, tais como: orientar na educação dos filhos, dedicar atenção especial à família, bem como outras atividades domésticas. Essas peculiaridades em relação ao trabalho da mulher pode, como conseqüência, gerar um maior nível de tensão.

Muito embora esta atividade nos pareça estressora, os profissionais contabilistas entrevistados revelaram na pesquisa que a maioria possui características que contribuem no controle da administração da tensão do dia a dia tais como: são pacientes, procuram levar a vida em ritmo menos acelerado, apesar da atividade no primeiro semestre de cada ano exigir o contrário; diante disso, verificou-se em 78% dos contabilistas pesquisados uma ausência do nível de estresse muito intenso, provocadas pelas fontes de pressões apresentadas. Muito embora os 22% apontaram a dor de cabeça por tensão, o nervosismo acentuado, irritabilidade fácil e a ansiedade como sendo os principais fatores na composição de um nível de estresse moderado. É importante finalizar dizendo que a pesquisa foi realizada no segundo semestre, período em que os contabilistas estão mais distante das fontes de pressão potencialmente estressoras, e que os proprietários apresentaram menores mecanismos de administração do estresse, maiores interferências nas atividades produtivas e maior nível de estresse se comparados com os não proprietários de organizações contábeis também contabilistas.


Imprimir

Mais Profissionais

Indique para um amigo
Voltar
Tânia Zambelli - Coaching - Responsabilidade Social - Portfólio - Conhecimento - Galeria de Fotos - Novidades - Política de Privacidade
203430 Visitas

Roberto Bronze DIVISÃO 4, Técnico Contabilidade
há 7 anos Sábado | 26 novembro 2011 | 14:26

O estresse e o profissional da contabilidade

A rotina do profissional da contabilidade está entre as mais estressantes da atualidade. Os motivos são muitos, e incluem a alta complexidade das atividades desenvolvidas, grande fluxo de informações, prazos apertados para cumprimento de diferentes obrigações, necessidade de atualização contínua e pressão de clientes.
Muito se fala sobre simplificação, mas essa palavra não faz parte do vocabulário conhecido pelo contabilista. Nos últimos anos, os profissionais da contabilidade enfrentam uma evolução nas suas atividades, e isso tornou muito complexa a sua atuação no mercado de trabalho. A tecnologia que deveria facilitar o trabalho desses profissionais trouxe ainda mais trabalho. De um lado eles têm o fisco, que altera a legislação a cada dia e aumenta significativamente o número de obrigações acessórias das empresas, do outro lado as empresas, no papel de empregadores ou de clientes, que tem uma expectativa crescente por respostas e qualidade dos serviços prestados pelos contabilistas, que estão no meio dessa tripla-relação.
Quais são os efeitos de toda pressão sobre os contabilistas? Particularmente eu diria que a profissão contábil será uma das mais estressantes profissões dos próximos anos, colocando em risco a qualidade de vida e a saúde do profissional contábil.
Com base em todo o cenário mencionado, muitos profissionais contábeis, já enfrentam uma carga excessiva de trabalho o que tem levado muitos a se afastarem de suas atividades por problemas relacionados com o estresse, transtornos de ansiedade e outros problemas emocionais. Diante de tudo isso, como podem os profissionais lidar com esse desafio?
Primeiramente o modo como o profissional da contabilidade lida com os problemas que ele enfrenta é determinante sobre o seu nível de estresse. Entender claramente que ele está envolvido com o problema, mas que ele não é responsável direto pelo problema poderá amenizar o grau de desgaste pessoal.
Estabelecer limites sobre a quantidade de horas de trabalho é outro fator importante. Obviamente o profissional contábil tem prazos a cumprir, isso exigem trabalho extra, mas a carga adicional de trabalho deve ser momentânea e não decorrente, de modo a evitar a estafa profissional.
A seletividade dos trabalhos e responsabilidades que ele aceitará, deve ser bem avaliado pelo contabilista. Assumir todos os serviços oferecidos pode ser um atenuante para a o estresse do profissional contábil, portanto ele deve dar desenvolver a habilidade de dizer não quando for necessário.
Para um trabalho que é mentalmente desgastante, estabelecer intervalos na jornada e tornar o ambiente de trabalho adequado, por incluir atividades que dão prazer ao profissional ajudará a minimizar o desgaste físico e mental.
Provavelmente estamos numa realidade profissional sem volta para os contabilistas da atualidade. Deste modo, a valorização da qualidade de vida, inclusão de atividades pessoais que auxiliem na descompressão do estresse do dia a dia, além do envolvimento de atividades pessoais e familiares saudáveis serão cada vez mais necessárias para o controle do estresse do contabilista da atualidade.

Anderson Hernandes

Eneas Monteiro de Oliveira Iniciante DIVISÃO 3, Contador(a)
há 7 anos Quarta-Feira | 7 dezembro 2011 | 18:02

OLA PESSOAL

GOSTARIA DE RECEBER O SIMULADOR DE LUCRO REAL E PRESUMIDO

ABRAÇOS A tODOS

Rose Macedo Bronze DIVISÃO 5, Técnico Contabilidade
há 6 anos Segunda-Feira | 27 agosto 2012 | 16:12

Boa tarde

preciso baixar uma IE cassada , publicação no DOE 25/02/2012
tenho duvidas qual a data q devo pedir na baixa se a mesma da publicação ou a data da ultima nota emitida sendo esta 30/06/2012
sendo q em conjunto pedirei nova IE, e o programa PGD é quem informa a data
preciso levar a ultima NF emitida e as demais em branco
o prazo pra cumprir é até 05/08/2012

alguem pode me ajudar?

Adriana Santos Bronze DIVISÃO 5, Assistente Contabilidade
há 6 anos Sexta-Feira | 19 outubro 2012 | 15:32

Preciso fazer a baixa de uma empresa que esta Cassada por Inatividade Presumida. Fiz os procedimentos pelo evento 604, levei toda a documentação no posto fiscal (Campinas).Porém a fiscal disse que não poderia ser feito nesse evento, que deveria ser no Evento 517, pois o CNAE(1412601) da empresa não possibilita o evento 604. Já procurei matéria que diz sobre baixa relacionada ao CNAE e não encontrei nada.
Por favor alguém pode me ajudar?????

Fabio Correa da Silva Ouro DIVISÃO 1, Auxiliar Administrativo
há 6 anos Sexta-Feira | 19 outubro 2012 | 15:35

Adriana Santos

Mais vc vai fazer a baixa total da empresa ou só da IE?

Att,

Fábio

" Abertura,. alteração, encerramento e legalização de empresas "

E-mail: fabiocom121@hotmail.com

WhatsApp (13) 99789-0607
Adriana Santos Bronze DIVISÃO 5, Assistente Contabilidade
há 6 anos Sexta-Feira | 19 outubro 2012 | 16:07

Fabio, quero a principio fazer apenas a baixa da IE, e foi esse procedimento que a fiscal disse que não é possível devido ao CNAE.

Fabio Correa da Silva Ouro DIVISÃO 1, Auxiliar Administrativo
há 6 anos Sexta-Feira | 19 outubro 2012 | 16:28

Adriana Santos

é o que eles dizem que empresas que tem o CNAE de comércio não pode baixar apenas a IE

Att,

Fábio

Att,

Fábio

" Abertura,. alteração, encerramento e legalização de empresas "

E-mail: fabiocom121@hotmail.com

WhatsApp (13) 99789-0607
Adriana Santos Bronze DIVISÃO 5, Assistente Contabilidade
há 6 anos Segunda-Feira | 5 novembro 2012 | 10:18

Bom dia

Preenchi o PGD com o evento 601, sendo que a solicitação foi indeferida e os motivos para o indeferimento foram: endereço esta errado, falta sócios, falta capital sócia.
Porém não localizei no PGD onde devo preencher essas informações.Por favor alguém pode me ajudar???

Valquiria Roveri Bento Prata DIVISÃO 2, Assessor(a) Administrativo
há 6 anos Segunda-Feira | 5 novembro 2012 | 10:33

Adriana, este evento 601 é para abrir uma IE para uma empresa já existente. É isto mesmo o que vc precisa? Vc não estava baixando a empresa?

Fabio Correa da Silva Ouro DIVISÃO 1, Auxiliar Administrativo
há 6 anos Segunda-Feira | 5 novembro 2012 | 10:49

Adriana Santos

Bom dia, quando da esse indeferimento é pq os dados cadastrais no CNPJ não estao atualizados

Att,

Fábio

" Abertura,. alteração, encerramento e legalização de empresas "

E-mail: fabiocom121@hotmail.com

WhatsApp (13) 99789-0607
Adriana Santos Bronze DIVISÃO 5, Assistente Contabilidade
há 6 anos Segunda-Feira | 5 novembro 2012 | 11:23

Valquiria Roberi Bento,
já fiz o evento 604, encaminhei o anexo III conforme solicitado ao Posto Fiscal. E fiz o 601 o qual foi indeferido.

A inscrição esta Cassada por inatividade presumida.

Valquiria Roveri Bento Prata DIVISÃO 2, Assessor(a) Administrativo
há 6 anos Segunda-Feira | 5 novembro 2012 | 12:05

Adriana, ainda não entendi: você tem interesse em fechar o CNPJ também? Qual a situação do Cartão CNPJ?

Se não quer encerrar o CNPJ, isto precisa ficar bem claro para o Posto, senão eles transmitem a informação para a RFB fechar o CNPJ. ..

O Posto manda a gente fazer o evento 517 como se fosse fechar a empresa toda.

Adriana Santos Bronze DIVISÃO 5, Assistente Contabilidade
há 6 anos Segunda-Feira | 5 novembro 2012 | 13:12

Valquiria, a abixa é apenas no Estado.
O procedimento foi realizado conforme orientação do Posto Fiscal.
Primeiro evento 604 e evento 601.

Fabio Correa da Silva Ouro DIVISÃO 1, Auxiliar Administrativo
há 6 anos Segunda-Feira | 5 novembro 2012 | 13:13

Adriana Santos

com esses eventos o posto fiscal vai deixar a inscrição estadual ativa

Att,

Fábio

" Abertura,. alteração, encerramento e legalização de empresas "

E-mail: fabiocom121@hotmail.com

WhatsApp (13) 99789-0607
Cristina Araújo Prata DIVISÃO 1, Analista Contabilidade
há 6 anos Segunda-Feira | 5 novembro 2012 | 14:26

Boa tarde,

Adriana,

Quando tive o mesmo problema que o seu (Inscrição Estadual Cassada por inatividade presumida) a aproximadamente um ano atrás, a orientação que me passaram foi a entrega no posto fiscal do Anexo III junto com a documentação exigida e a baixa da inscrição pelo PGD Evento 604, depois o pedido posterior de uma nova inscrição evento 601.
Caso eu precisasse de alguma alteração cadastral, deveria incluir o evento adequado junto a segunda solicitação.
Foram essas as instruções que me passaram e deu tudo certo.

Veja o link abaixo, item 2.2 (talvez ajude)

http://www.fazenda.sp.gov.br/guia/icms/baixa_ie.shtm

2.2) Evento 604: baixa somente no Estado (IE)

Evento permitido para empresas na situação ATIVA, SUSPENSA ou INAPTA POR INATIVIDADE PRESUMIDA.


3) São realizadas consistências dos dados pelo sistema da RFB. Não havendo impedimento, a solicitação é encaminhada para análise da SEFAZ-SP.


4) Após a exigência documental pela SEFAZ, o Interessado deverá enviar por meio postal ou apresentar no Posto Fiscal a que estiver vinculado, os documentos exigidos.

Ressalta-se que o não atendimento às exigências no prazo máximo de 15 dias, implica o indeferimento automático da solicitação.


5) Relativamente ao modelo constante no ANEXO III - A da Portaria CAT-92/1998, deverá ser observado o correto preenchimento de:

5.1) data e motivação da baixa da inscrição;

5.2) relação de livros e documentos fiscais utilizados e em branco/inutilizados;

5.3) identificação e assinatura do responsável pela guarda de livros e documentos fiscais.

Cristina Araújo
Adriana Santos Bronze DIVISÃO 5, Assistente Contabilidade
há 6 anos Segunda-Feira | 5 novembro 2012 | 15:04

Cristina, fui ao Posto Fiscal hoje, mas não adiantou muito.
Verifiquei pelo e-CAC que não havia informações relativas aos dados do sócio.Então baseado nisso preenchi o PGD com o envento 601 incluindo os dados dos sócios, capital Social e alteração do endereço.Agora é aguardar para ver.
Obrigada

Cristina Araújo Prata DIVISÃO 1, Analista Contabilidade
há 6 anos Segunda-Feira | 5 novembro 2012 | 15:35

Boa Sorte Adriana,

Acredito que é só aguardar uns dias que agora dará tudo certo.

Cristina Araújo
Jose Eudes Andrade Bento Iniciante DIVISÃO 2, Contador(a)
há 6 anos Sexta-Feira | 21 dezembro 2012 | 12:18

Estou com uma duvida urgente... tem uma empresa com inatividade presumida, estou lançando o evento 601 do PGDAS-D porém sempre que vai para analise volta com exigencia de o numero de NIRE não informado.. Só que assim que entro no sistema o campo do NIRE não abre para preenchimento, alguem sabe se tenho que informar outro codigo junto? pois o 257 que seria mudança de numero de cadastro não pode ser escolhido junto com evento 601...

E agora?

Cida Reis!! Bronze DIVISÃO 2, Autônomo(a)
há 6 anos Sexta-Feira | 4 janeiro 2013 | 10:55

Bom dia colegas estou com um problema sobre a baixa de uma inscrição estadual e uma nova inscrição (inatividade presumida)mas o pgd não disponibiliza o evento 604 e 601 somente o 607 e 608,alguem poderia me ajudar obrigada

Cida Reis
Página 3 de 5
responder tópico
1 2 3 4 5

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Array
(
    [0] => SQL: [866] 
			SELECT 
			msg_id AS id,
			msg_mensagem AS mensagem,
			msg_data AS mensagemData,
			msg_usuario_id AS usuarioId,
			msg_naorecomenda AS naoRecomendada,
			msg_userip AS usuarioIP,
			msg_excluida AS excluida,
			usu_nome AS usuarioNome,
			usu_especial AS usuarioEspecial,
			usu_sexo AS usuarioSexo,
			usu_foto AS usuarioFoto,
			usu_pontos AS pontos,
			cgo_cargo AS usuarioCargo,
			cur_assinatura AS usuarioAssinatura,
			cid_cidade AS usuarioCidade,
			cid_estado AS usuarioEstado
            FROM ctb_forum_mensagem
		LEFT JOIN ctb_usuario ON usu_id=msg_usuario_id AND usu_especial>=0
		LEFT JOIN ctb_usuario_curriculo ON usu_id=cur_usu_id
		LEFT JOIN ctb_cargo ON cgo_id=usu_cargo_id
		LEFT JOIN ctb_cidade ON cid_id=usu_cid_id
        WHERE msg_excluida = 0 AND msg_topico_id = :id
		ORDER BY msg_data ASC LIMIT :inicio, :final
Sent SQL: [859] 
			SELECT 
			msg_id AS id,
			msg_mensagem AS mensagem,
			msg_data AS mensagemData,
			msg_usuario_id AS usuarioId,
			msg_naorecomenda AS naoRecomendada,
			msg_userip AS usuarioIP,
			msg_excluida AS excluida,
			usu_nome AS usuarioNome,
			usu_especial AS usuarioEspecial,
			usu_sexo AS usuarioSexo,
			usu_foto AS usuarioFoto,
			usu_pontos AS pontos,
			cgo_cargo AS usuarioCargo,
			cur_assinatura AS usuarioAssinatura,
			cid_cidade AS usuarioCidade,
			cid_estado AS usuarioEstado
            FROM ctb_forum_mensagem
		LEFT JOIN ctb_usuario ON usu_id=msg_usuario_id AND usu_especial>=0
		LEFT JOIN ctb_usuario_curriculo ON usu_id=cur_usu_id
		LEFT JOIN ctb_cargo ON cgo_id=usu_cargo_id
		LEFT JOIN ctb_cidade ON cid_id=usu_cid_id
        WHERE msg_excluida = 0 AND msg_topico_id = 55147
		ORDER BY msg_data ASC LIMIT 60, 30
Params:  3
Key: Name: [3] :id
paramno=-1
name=[3] ":id"
is_param=1
param_type=1
Key: Name: [7] :inicio
paramno=-1
name=[7] ":inicio"
is_param=1
param_type=1
Key: Name: [6] :final
paramno=-1
name=[6] ":final"
is_param=1
param_type=1

)