x

FÓRUM CONTÁBEIS

TRIBUTOS ESTADUAIS/MUNICIPAIS

respostas 2

acessos 495

Thatiany

Iniciante DIVISÃO 3, Representante
há 48 semanas Segunda-Feira | 22 fevereiro 2021 | 00:11

Olá, sou MEI  e nunca emiti nota fiscal e não tenho Inscrição Municipal e nem IE , esse mês de Janeiro o meu DAS veio com o valor de 5,00 à mais referente a ISS.
Meu segmento é comércio varejista de roupas e acessorios e estou sem entender o porque dessa inclusão de ISS , pois pelo que vi o ISS já é incluso no valor total da parcela mensal do MEI
 APARECE ASSIM :

0151 INSS - SIMPLES NACIONAL - MEI 55,00 01/2021
0083 ICMS - SIMPLES NACIONAL - MEI 1,00 TO - 01/2021
0125 ISS - SIMPLES NACIONAL - MEI 5,00 ARRAIAS (TO) - 01/2021
                                    Totais 61,00 

ESTÁ CORRETO ESSA COBRANÇA ? 

Telma Carreira Frate

Ouro DIVISÃO 3, Contador(a)
há 48 semanas Segunda-Feira | 22 fevereiro 2021 | 08:38

Bom Dia

valor do DAS MEI a partir de fevereiro de 2021: R$56,00 para Comércio ou Indústria (R$55,00 de INSS + R$1,00 de ICMS) ; R$60,00 para Prestação de Serviços (R$55,00 de INSS + R$5,00 de ISS); R$61,00 para Comércio e Serviços (R$55,00 de INSS + R$1,00 de ICMS + R$5,00 de ISS).

Reajuste acontece com base no novo salário mínimo, que passou de R$1.045 para R$1.100 neste ano.

Viva o Brasil ! O país dos impostos!!!!

Att.;

Telma Carreira Frate, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário, MBA em Gestão de Pessoas, Coaching e Liderança.
Cursos via vídeo com exercício e apostilas, msgs no privado.

Paula

Prata DIVISÃO 1, Diretor(a) Administrativo
há 13 semanas Segunda-Feira | 25 outubro 2021 | 10:28

Bom dia a todos!

A prefeitura da minha cidade está me cobrando dois meses de iss homologado, não reti nenhuma nota e pago dentro do simples nacional! Éssa cobrança é legal? Alguem pode me ajudar?

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.