x

FÓRUM CONTÁBEIS

TRIBUTOS FEDERAIS

respostas 2

acessos 792

Classificação Fiscal de Mercadorias

Claudio Cortez Francisco

Claudio Cortez Francisco

Prata DIVISÃO 3, Consultor(a) Tributário
há 6 anos Sexta-Feira | 24 novembro 2017 | 17:56

Por cerca de 22 anos, efetuando Classificação Fiscal de Mercadorias, sempre me fiz essa pergunta sem obter respostas, e agora a transmito a outros profissionais:

"Porque, apesar das milhares de multas e recolhimento de diferenças de altas quantias de impostos, sonegados de forma não proposital, centenas de empresas continuam a não dar a devida importância e revisar suas classificações fiscais ou mesmo faze-lo de forma mais responsável?
Sabendo que toda a tributação está associado ao código NCM e que um código errado implica em tributação errada, porque ainda assim se arriscam, classificando mercadorias pelo critério do “eu acho que é esse?”


Já me deparei com os seguintes absurdos:
Hélice de motor de veículo receber a classificação fiscal de hélice de liquidificador.
Colchão de espuma receber classificação fiscal de cama de madeira.
Ferramental cirúrgico receber classificação de ferramenta industrial.
Cone plástico de sinalização receber classificação de placa de rua.

A pergunta é, porque o brasileiro insiste em ter surpresas desagradáveis, porém previsíveis.

Claudio Cortez Francisco
Merceologista e Classificador Fiscal

Adilson Castro de Queiroz
Consultor Especial

Adilson Castro de Queiroz

Consultor Especial , Coordenador(a) Fiscal
há 6 anos Terça-Feira | 28 novembro 2017 | 10:20

É meu Claudio Cortez Francisco

Eu também me pergunto muito sobre isso, sabia?

Coordenador Fiscal Tributário
Blog: http://spedeasy.blogspot.com.br/
Instagram: @contadoradilson
Youtube: @saberescritafiscal
LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/adilsoncastrodequeiroz/
Facebook: https://www.facebook.com/contadoradilsoncastrodequeiroz/
Especialista em Varejo com extensão ao Atacado e Industria.
e-mail: [email protected]
WhatsApp: https://api.whatsapp.com/send?phone=5518997076565
Júlio César Monteiro

Júlio César Monteiro

Prata DIVISÃO 2, Supervisor(a) Contabilidade
há 6 anos Terça-Feira | 28 novembro 2017 | 11:21

Na maioria das vezes é pura preguiça de pesquisar e querer fazer o certo ou o patrão contrata pessoa desqualificada para emitir suas NF. A pessoa não tem noção da responsabilidade achando que é apenas um "recibo".

Júlio César da Silva Monteiro

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.