2019-04-08T14:57:45-03:00
x

FÓRUM CONTÁBEIS

TRIBUTOS FEDERAIS

respostas 0

acessos 208

Impactos IFRS 15 no LALUR

há 41 semanas Segunda-Feira | 8 abril 2019 | 14:57

Boa tarde!

Prezados, eu sei que são muitas dúvidas, mas estou precisando muito de ajuda:

Somos uma indústria do ramo automotivo, e como de costume nós temos por prática comprar os ferramentais (moldes para produzir os produtos) e contabilizamos no estoque de revenda, e posteriormente quando ocorre o start do projeto nós revendemos os ferramentais ao cliente. Porém quando vendemos não ocorre movimentação física, porque os ferramentais ficam em nossa planta durante 5 anos para que possamos produzir os nossos produtos. Para formalizar tudo isto o nosso cliente emite contrato de comodato.

Dúvidas:

1) Pela contabilidade fiscal nós contabilizamos da seguinte forma:

Momento da compra

D - Estoque de revenda (ativo)
D - Impostos recuperáveis (Ativo)
C - Fornecedores

Momento da venda

D - CMV (Resultado)
C - Estoque de revenda (Ativo)

D - Clientes (Ativo)
C - Receita com revenda (Resultado)

D - Impostos sobre venda (Resultado)
C - Impostos a pagar (Passivo)

Porém, de acordo com o IFRS 15 eu devo reconhecer a receita, impostos e custos durante 5 anos (amortização):

Contabilização dos custos de acordo com a nova norma:

D - Ativos de contratos de ferramental (Intangível - Ativo Não Circulante)
C - Fornecedores (Passivo Circulante)

Apropriação mensal dos custos

D - Despesa com amortização (Resultado)
C - Amortização acumulada (Redutora do Intangível - Ativo Não Circulante)

Contabilização das receitas e impostos de acordo com a nova norma:

D - Clientes (Ativo Circulante)
C  Receita Diferida (Passivo Circulante e Não Circulante)

D - Impostos Diferidos (redutora da Receita Diferida - Passivo Circulante e Não Circulante)
C - Impostos a Pagar (Passivo Circulante)

Apropriação da Receita mensal e Impostos

D - Receita Diferida (Passivo Circulante)
C - Receita com revenda (Resultado)

D - Impostos sobre revenda (Resultado)
C - Impostos Diferidos (redutora da Receita Diferida - Passivo Circulante e Não Circulante)

Impactos 2018

*Como nós vendemos os ferramentais em 2018 por nota fiscal de venda, então precisamos fazer a reversão:

Reversão da receita
D - Ajuste da receita bruta (Resultado)
C - Receita Diferida (passivo)

Reversão dos impostos
D - Impostos Diferidos (Passivo)
C - Ajuste da receita Bruta ou devo criar uma conta como "Reversão dos Impostos (Resultado)?

Perguntas:

1) A contabilização de acordo com a nova norma que demonstrei acima estão corretas?

2) Como devo contabilizar a reversão dos custos e dos impostos sobre a venda?

3) Como fica a contabilização dos impostos referente a NF de compra? DEBITO "Impostos recuperáveis" e CREDITO qual conta?

4) Se os custos precisam ser capitalizados (intangível), então como devo contabilizar a nota fiscal de compra cujo CFOP é 1.102? Pois as novas normas contábeis não poderão afetar a parte fiscal...não ficaria estranho NF com CFOP 1.102 contabilizada como Intangível...????

5) Baseado na pergunta 4, se os custos estão contabilizados no Intangível, então quando nós emitimos a NF de Revenda em 2018 como fica o reconhecimento do custo das mercadorias vendidas, sendo que este custo já estão sendo amortizados em 5 anos no resultado...????

6) A diferença da receita fiscal (conforme NF) entre Receita do CPC devo lançar no LALUR como Adição?

7) a diferença do CMV (conforme NF) entre amortização do CPC devo lançar no LALUR como exclusões?

Aguardo,

Lucas

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.