x

FÓRUM CONTÁBEIS

TRIBUTOS FEDERAIS

respostas 6

acessos 281

TRIBUTAÇÃO YOUTUBER MERCADO INTERNO OU EXTERNO

Ewerton Luis de Souza Santos

Bronze DIVISÃO 4, Contador(a)
há 27 semanas Sexta-Feira | 2 outubro 2020 | 11:17

Bom dia, estou com uma dúvida, o cliente é Youtuber, empresa localizada no Brasil, porém, os recebimentos, vem em dólar. após uma pesquisa, preferimos manter o mesmo tributado como mercado interno. Está correta a forma de tributação? Ele é mercado Interno ou Externo? O que será decisivo para esta tomada de decisão?

Alguns optam pelo externo pelo simples fato de isentar alguns impostos como ISS, PIS e outros.

Telma

Ouro DIVISÃO 2, Contador(a)
há 27 semanas Sexta-Feira | 2 outubro 2020 | 14:11

Boa Tarde

Penso que o que voga é o endereço da empresa, se está no Brasil, é interno.
A questão principal é a tributação do dinheiro que vem de fora, basta fechar o câmbio na data do pagamento e pagar IOF.

Abç

Telma, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário, MBA em Gestão de Pessoas, Coaching e Liderança.
Cursos via vídeo com exercício e apostilas, msgs no privado.

Felipe Costa

Iniciante DIVISÃO 5, Auxiliar Contabilidade
há 10 semanas Segunda-Feira | 25 janeiro 2021 | 17:25

Boa tarde, estou com a mesma dúvida!
Empresa Prestadora de Serviços com sede no Brasil (Youtuber) tributada pelo Simples Nacional.
CNAE 5911-1/99 - Empresa Tomadora com endereço no exterior.

Para calculo do imposto no PGDAS-D preciso escolher entre algumas opções.
Marcando como:
Mercado Externo
Prestação de Serviços para o Exterior
 Não sujeito ao Fator "r"
  Sem exigibilidade suspensa ou lançamento de ofício
   Sem Valores Fixos para ICMS ou ISS
É calculado o Faturamento sem valores referentes ao PIS, COFINS e ISS. Alíquota Efetiva de de 3,05%

Pesquisando sobre, encontrei que a Isenção do PIS e da COFINS é dado somente no caso de prestador residente e domiciliado no exterior, e no caso do ISS se o resultado do serviço se verifica no exterior. (não sei definir se sim ou se não)

Entendo que dentre as segregações das receitas esta configuração é a mais correta, porém como não encontrei bases legais que isentam/não incidam estes tributos nesta operação e com isso não sinto segurança em tributar desta forma. Por outro lado, se escolho como mercado interno e as demais segregações acredito que também não estaria correto.

Alguém que trabalhe com youtubers PJ tributados pelo Simples Nacional poderia me dar uma luz?
obg
 

Telma

Ouro DIVISÃO 2, Contador(a)
há 10 semanas Quarta-Feira | 27 janeiro 2021 | 08:21

Bom Dia

Entendo ser assim: com PIS e COFINS pq gera o fato gerador que é a Receita, sem ISS pq o serviço é no exterior.

lei 116/2003 (ISS).

Marcando as opções corretas, como EXTERIOR e sem Fator R, não há erro.

Abç

Telma, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário, MBA em Gestão de Pessoas, Coaching e Liderança.
Cursos via vídeo com exercício e apostilas, msgs no privado.

Telma

Ouro DIVISÃO 2, Contador(a)
há 10 semanas Quarta-Feira | 27 janeiro 2021 | 10:29

Felipe,

Use o anexo que a empresa está inserida, a média dos últimos 12 meses de faturamento, a alíquota nominal e com estes dados veja a faixa que ela está inserida nas alíquotas de PIS e COFINS nas tabelas que vc acha dispostas no Google.

Telma, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário, MBA em Gestão de Pessoas, Coaching e Liderança.
Cursos via vídeo com exercício e apostilas, msgs no privado.
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.