x

FÓRUM CONTÁBEIS

TRIBUTOS FEDERAIS

respostas 3

acessos 107

TRIBUTAÇÃO SOBRE EMPRESTIMO

Elcio Gomes de Souza

Bronze DIVISÃO 1, Contador(a)
há 43 semanas Quinta-Feira | 4 fevereiro 2021 | 18:21

Alguem sabe informar qual a tributação de uma empresa optante pelo simples nacional que pegou um empréstimo como capital de giro em uma instituição bancária no valor de 300 mil? Esse recurso foi transferido integralmente para outra empresa optante pelo simples nacional que tem um dos sócios em comum com prazo de pagamento para um ano. Conforme informação do sócio, isso ocorreu em virtude da segunda empresa não ter tempo suficiente para conseguir empréstimo bancário.
Gostaria de saber quais são os impostos e aliquotas incidentes. Qual a base de cálculo? Seria sobre o capital ou sobre os juros aplicado pelo banco sobre as parcelas?
Mensalmente a segunda empresa irá transferir o dinheiro da parcela para primeira.
Tem que ser celebrado contrato mútuo?
Elcio

Telma Carreira Frate

Ouro DIVISÃO 3, Contador(a)
há 43 semanas Sexta-Feira | 5 fevereiro 2021 | 11:42

Bom Dia

Tem que ser celebrado contrato mútuo? Sim.

A tributação é IOF sobre mútuo.

Abç



Telma Carreira Frate, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário, MBA em Gestão de Pessoas, Coaching e Liderança.
Cursos via vídeo com exercício e apostilas, msgs no privado.

Telma Carreira Frate

Ouro DIVISÃO 3, Contador(a)
há 43 semanas Sexta-Feira | 5 fevereiro 2021 | 14:55

No caso tem imposto de renda? Entendo que não, por não caracterizar o fato gerador da Renda.

Telma Carreira Frate, empresária, escritório contábil.

Professora , Contadora, MBA em Controladoria, Lato Sensu em Direito Tributário, MBA em Gestão de Pessoas, Coaching e Liderança.
Cursos via vídeo com exercício e apostilas, msgs no privado.
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.