x

FÓRUM CONTÁBEIS

TRIBUTOS FEDERAIS

respostas 3

acessos 123

IRPF - troca veículo x vlr entrada

MARIO FAGGIONI

Mario Faggioni

Iniciante DIVISÃO 4, Agente Administrativo
há 17 semanas Segunda-Feira | 18 março 2024 | 17:06

Olá boa tarde! Foi trocado um veículo por outro de valor maior, foi dado como entrada o veículo + 20 mil + financiamento 60x saldo, porém, o veículo  antigo estava em nome da esposa e o financiamento do atual foi no nome do marido, o carro dado de entrada era declarado somente na declaração da esposa e estava no nome dela tb. Daí ficou a dúvida de como lançar esta transação, se puderem me ajudar, obrigado!!

Mário Faggioni
Franca/SP
Anderson Kolera Silva

Anderson Kolera Silva

Ouro DIVISÃO 2, Coordenador(a) Contabilidde
há 17 semanas Terça-Feira | 19 março 2024 | 14:03

Boa tarde !
Faz a baixa do veiculo na declaração da esposa e o valor ela doa para o marido, o marido registra a doação na ficha especifica e na descrição do bem descreve a composição da forma que foi adquirido o veiculo.

Att.
Anderson Kolera Silva
[email protected]
https://www.linkedin.com/in/anderson-n-silva-17948740/
Consultoria e Freelancer:
Lucro Real | DFC - Demonstrativo do Fluxo de Caixa | ECD/ECF | Demonstrações Financeiras | Notas Explicativas |
"Quem come o fruto do conhecimento, é sempre expulso de algum paraíso"
Vinicius

Vinicius

Bronze DIVISÃO 4, Analista Contabilidade
há 17 semanas Quarta-Feira | 20 março 2024 | 10:22

Bom dia,

Entendo que não é necessário informar a doação do valor na ficha especifica. Uma vez que o CPF do cônjuge, foi informado na ficha de identificação do contribuinte, nas 2 declarações, a variação nos bens é somado. Isso se aplica também no caso de o carro estar no nome do marido e a esposa ter o rendimento para pagar o financiamento, por exemplo.

.
MARIO FAGGIONI

Mario Faggioni

Iniciante DIVISÃO 4, Agente Administrativo
há 16 semanas Segunda-Feira | 25 março 2024 | 16:44

Vinicius

Eu até entendi, mas nas declarações anteriores o carro estava descrito somente na dela e eu não informava uso comum do casal, apenas o lançava como bem móvel na dela. Daí acho que eu poderia informar conforme o 
Anderson Kolera Silva
orientou né?  Creio tb que não iria ter erro ao ponto de cair na malha fina tão somente por isto, estou correto?  Agradeço muito desde já tá pessoal pelas respostas.

Mário Faggioni
Franca/SP

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.