x

CONTEÚDO Legislações

adicionar aos favoritos

Paraná

Governo introduz alterações no Regulamento do ICMS

Decreto 1551/2019

Estas modificações no Decreto 7.871, de 29-9-2017 - RICMS-PR, dispõem sobre a competência para deferimento de ressarcimento ou recuperação de imposto nas hipóteses que especifica.

07/06/2019 10:47:48

25 acessos

DECRETO 1.551, DE 5-6-2019
(DO-PR DE 5-6-2019)

REGULAMENTO - Alteração

Governo altera o RICMS com relação ao ressarcimento ou recuperação do imposto
Estas modificações no Decreto 7.871, de 29-9-2017 – RICMS-PR, dispõem sobre a competência para deferimento de ressarcimento ou recuperação de imposto nas operações com combustíveis, com efeitos a partir de 1-7-2019.

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V do art. 87 da Constituição Estadual e tendo em vista o contido no protocolado sob nº 15.705.487-2,
DECRETA:
Art. 1.º Ficam introduzidas no Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto n. 7.871, de 29 de setembro de 2017, as seguintes alterações:
Alteração 259ª Os incisos I e II do § 4º do art. 6º do Anexo IX passam a vigorar com a seguinte redação:
“I - Inspetor Geral de Fiscalização, quando se tratar de ressarcimento ou de recuperação do imposto relativo a operações com combustíveis derivados ou não de petróleo com o valor do pedido superior a 1.000 (mil) Unidade Padrão Fiscal do Estado do Paraná - UPF/PR, após análise e preparo do respectivo despacho elaborado pela Inspetoria Geral de Fiscalização - IGF da Coordenação da Receita do Estado - CRE;
II - Chefe do Setor de Combustíveis da IGF/CRE, quando o valor do pedido de ressarcimento ou de recuperação do imposto relativo a operações com combustíveis derivados ou não de petróleo for igual ou inferior a 1.000 (mil) UPF/PR;”. (NR)
Alteração 260ª Os incisos I e II do § 3º do art. 8º do Anexo XII passam a vigorar com a seguinte redação:
“I - Inspetor Geral de Fiscalização, quando se tratar de ressarcimento ou de recuperação do imposto relativo a operações com combustíveis derivados de petróleo com o valor do pedido superior a 1.000 (mil) Unidades Padrão Fiscal do Estado do Paraná - UPF/PR, após análise e preparo do respectivo despacho, que será de responsabilidade da Inspetoria Geral de Fiscalização - IGF da CRE;
II - Chefe do Setor de Combustíveis da IGF/CRE, quando o valor do pedido de ressarcimento ou de recuperação do imposto relativo a operações com combustíveis derivados de petróleo for igual ou inferior a 1.000 (mil) UPF/PR;”. (NR)
Art. 2.º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos a partir do primeiro dia do mês subsequente a data da publicação.
CARLOS MASSA RATINHO
Governador do Estado
JUNIOR GUTO SILVA
Chefe da Casa Civil
RENE DE OLIVEIRA GARCIA JUNIOR
Secretário de Estado da Fazenda

MATÉRIAS RELACIONADAS

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.