x

CONTEÚDO Legislações

adicionar aos favoritos

IPI/Importação e Exportação

Aprovadas normas de comprovação de investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação

Portaria MCTIC 3522/2019

31/07/2019 09:40:25

17 acessos

PORTARIA 3.522 MCTIC, DE 29-7-2019
(DO-U DE 31-7-2019)

ISENÇÃO - Bens de Informática

Aprovadas normas para comprovação de investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação
Este Ato dispõe sobre a elaboração e envio do Relatório Demonstrativo Anual (RAD) pelos beneficiários da isenção e da redução de alíquotas do IPI sobre os bens de informática, conforme prevê a Lei 8.248, de 23-10-91.
Os Relatórios Demonstrativos Anuais referentes ao ano-calendário anterior devem ser apresentados até 31 de julho de cada ano.
Para os relatórios entregues até 31-7-2019 em que constarem informações incorretas ou incompletas, será permitida a retificação até 30-8-2019, sendo válido o último relatório entregue com protocolo eletrônico, em caráter excepcional.
Fica revogada a Portaria 343 MCT, de 19-5-2009.


O MINISTRO DE ESTADO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÕES E COMUNICAÇÕES, no uso das atribuições que lhe conferem os incisos II e IV do parágrafo único do art. 87 da Constituição Federal, e tendo em vista o disposto no inciso I do § 9odo art. 11 da Lei no8.248, de 23 de outubro de 1991, incluído pela Lei no13.674, de 11 de junho de 2018, resolve:

Art. 1oAs empresas beneficiárias dos incentivos previstos na Lei no8.248, de 23 de outubro de 1991, e suas alterações, deverão encaminhar, ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, até 31 de julho de cada ano, os Relatórios Demonstrativos Anuais - RDAs, relativos ao cumprimento das obrigações de investimento em pesquisa, desenvolvimento e inovação estabelecidas no art. 11 da referida lei, referentes ao ano-calendário anterior, incluindo informações descritivas das atividades de pesquisa e desenvolvimento previstas no projeto elaborado e dos respectivos resultados alcançados.

§ 1oOs RDAs deverão ser elaborados mediante utilização de sistema eletrônico próprio, conforme instruções do referido sistema, disponibilizado na página do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

§ 2oA empresa que encaminhar, ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, RDAs elaborados sem observar o disposto no caput e no § 1o, ainda que apresentados no prazo fixado no caput, poderá ter o relatório não aprovado, acarretando a eventual aplicação das sanções previstas no art. 9oda Lei no8.248, de 1991, e no art. 36 do Decreto no5.906, 26 de setembro de 2006.

§ 3oFica o Secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Comunicações e Inovações autorizado, excepcionalmente, a alterar o prazo estabelecido no caput deste artigo, no caso de identificação da necessidade de adaptações e melhorias do sistema eletrônico, cuja imediata implementação seja considerada como necessária à adequada elaboração dos RDAs, ou na hipótese da ocorrência de restrições técnicas, inclusive no tocante à infraestrutura computacional ou de redes, que prejudiquem a disponibilização do referido sistema eletrônico, com a adequada condição operacional para o cumprimento do prazo.

Art. 2oNa elaboração dos RDAs, admitir-se-á a utilização de relatório simplificado, no qual a empresa poderá, em substituição aos dispêndios previstos nos incisos de IV a X do caput do art. 25 do Decreto no5.906, de 2006, adotar os seguintes percentuais aplicados sobre a totalidade dos demais dispêndios efetuados nas atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação em tecnologias da informação e comunicação:

I - 30% (trinta por cento) quando se tratarem de projetos executados em convênio com instituições de ensino e pesquisa credenciadas pelo Comitê da Área de Tecnologia da Informação - CATI; e

II - 20% (vinte por cento) nos demais casos.

Parágrafo único. A opção prevista neste artigo inclui e substitui os dispêndios de mesma natureza da totalidade dos projetos do ano-base.

Art. 3oExcepcionalmente, para os relatórios entregues até 31 de julho de 2019 que apresentem informações incorretas ou incompletas, será permitida a retificação até 30 de agosto de 2019, sendo válido o último relatório entregue com protocolo eletrônico.

Art. 4oExcepcionalmente para 2019, fica prorrogado, até 30 novembro de 2019, o prazo para entrega do relatório consolidado e do parecer conclusivo acerca dos RDAs emitidos por firma ou organização de auditoria independente, estabelecido no art. 13 da Portaria MCTIC no3.118, de 12 de junho de 2018, com a redação dada pela Portaria MCTIC no1.964, de 22 de abril de 2019.

Art. 5oFica revogada a Portaria MCT no343, de 19 de maio de 2009.

Art. 6oEsta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

MARCOS CESAR PONTES


MATÉRIAS RELACIONADAS
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.