x

CONTEÚDO Legislações

adicionar aos favoritos

Paraná

Governador prorroga prazos de recolhimento de tributos devidos por optantes do Simples Nacional

Decreto 4386/2020

Este Decreto prorroga, para as datas que especifica, o recolhimento do imposto devido por ST, bem com do diferencial de alíquota na entrada interestadual de produtos destinados ao uso ou consumo ou ao ativo permanente.

30/03/2020 09:03:36

1.869 acessos

DECRETO 4.386, DE 27-3-2020
(DO-PR DE 27-3-2020)

SIMPLES NACIONAL - Prorrogação

Governador prorroga prazos de recolhimento de tributos devidos por optantes do Simples Nacional
Este Decreto prorroga, para as datas que especifica, o recolhimento do imposto devido por ST, bem com do diferencial de alíquota na entrada interestadual de produtos destinados ao uso ou consumo ou ao ativo permanente.


O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V do art. 87 da Constituição Estadual, e considerando o disposto no Convênio ICMS 181, de 23 de novembro de 2017, no contido no protocolado nº 16.484.658-0,
DECRETA:
Art. 1.º Ficam prorrogados os prazos para pagamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação - ICMS, de que tratam os incisos I e II do § 16 do art. 74 do Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto nº 7.871, de 29 de setembro de 2017, relativamente aos seguintes meses de referência (Convênio ICMS 181, de 23 de novembro de 2017):
I - março/2020, para até 30 de junho de 2020;
II - abril/2020, para até 31 de julho de 2020;
III - maio/2020, para até 31 de agosto de 2020.
Art. 2.º Este Decreto entra em vigor na data da sua publicação.
CARLOS MASSA RATINHO JUNIOR
Governador do Estado
GUTO SILVA
Chefe da Casa Civil
RENÊ DE OLIVEIRA GARCIA JÚNIOR
Secretário de Estado da Fazenda
MATÉRIAS RELACIONADAS
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.