x

CONTEÚDO Legislações

adicionar aos favoritos

Rio Grande do Sul

Porto Alegre altera normas relativas ao ISS, ITBI e Refispoa 2015

Lei Complementar 785/2015

17/12/2015 16:29:02

610 acessos

LEI COMPLEMENTAR 785, DE 16-12-2015
(DO-Porto Alegre - Edição Extra DE 16-12-2015)
 
LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA – Alteração
 
Porto Alegre altera normas relativas ao ISS, ITBI e ao Refispoa 2015
 
O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, no uso das atribuições que me confere o inciso II do artigo 94 da Lei Orgânica do Município, sanciono a seguinte Lei:
Art. 1º Fica incluído o inc. XXVII no caput do art. 21 na Lei Complementar nº 7, de 7 de dezembro de 1973, e alterações posteriores, conforme segue:
“Art. 21. ....................................................................................................................
.................................................................................................................................... 
XXVII – serviços previstos no item 2 da Lista de Serviços anexa, na área de tecnologia em saúde, devidamente certificados nos termos previstos em decreto: 2,0% (dois por cento), até 31 de dezembro de 2020.
.........................................................................................................................” (NR)
Art. 2º No art. 70 na Lei Complementar nº 7, de 1973, e alterações posteriores, ficam incluídos inc. XXX no caput e § 14, conforme segue:
“Art. 70. .....................................................................................................................
....................................................................................................................................
XXX – empresas de base tecnológica, empresas inovadoras e empresas de economia criativa, localizadas nos Bairros Floresta, São Geraldo, Navegantes, Humaitá e Farrapos, para os imóveis adquiridos ou locados nesses bairros e utilizados no desenvolvimento de suas atividades, pelo período de 5 (cinco) anos, contados do exercício seguinte ao da solicitação, que deverá ser feita até 31 de dezembro de 2020.
....................................................................................................................................
§ 14. O benefício previsto no inc. XXX do caput deste artigo depende da certificação, nos termos previstos em decreto, de que a empresa é de base tecnológica, inovadora ou de economia criativa, da apresentação de alvará de localização, da comprovação da propriedade ou da locação do imóvel e da autorização do proprietário, no caso de locação.” (NR)
Art. 3º Fica alterado o inc. II do caput do art. 82 da Lei Complementar nº 7, de 1973, e alterações posteriores, conforme segue:
“Art. 82. ....................................................................................................................
....................................................................................................................................
II – até 15% (quinze por cento) de redução, se o pagamento for efetuado até o quinto dia útil de fevereiro do ano da competência;
.........................................................................................................................” (NR)
Art. 4º No art. 8º na Lei Complementar nº 197, de 21 de março de 1989, e alterações posteriores, ficam incluídos inc. VII no caput e § 7º, conforme segue:
“Art. 8º .....................................................................................................................
.................................................................................................................................... 
VII – na primeira aquisição, por empresas de base tecnológica, empresas inovadoras ou empresas de economia criativa, de bens imóveis que se destinem à sua instalação na área de delimitação dos Bairros Floresta, São Geraldo, Navegantes, Humaitá e Farrapos, vigendo a referida isenção em relação aos fatores geradores ocorridos até 31 de dezembro de 2020.
....................................................................................................................................
§ 7º O benefício previsto no inc. VII do caput deste artigo depende da certificação, nos termos previstos em decreto, de que a empresa é de base tecnológica, inovadora ou de economia criativa.” (NR)
Art. 5º No art. 6º da Lei Complementar nº 773, de 8 de outubro de 2015, fica renomeado o parágrafo único para § 1º, mantendo-se sua redação atual, e fica incluído § 2º, conforme segue:
“Art. 6º .....................................................................................................................
§ 1º ............................................................................................................................
§ 2º Excepcionalmente, para os termos de adesão firmados até o dia 30 de novembro de 2015, em conformidade com o disposto no art. 11 desta Lei Complementar, o pagamento da primeira parcela poderá ser efetuado até o dia 28 de dezembro de 2015, tomando-se, para consolidação do crédito tributário e cálculo dos acréscimos devidos, a competência do mês de dezembro de 2015.” (NR)
Art. 6º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

José Fortunati,
Prefeito.

MATÉRIAS RELACIONADAS
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.