x

CONTEÚDO Legislações

adicionar aos favoritos

Roraima

Boa Vista aprova o Calendário Tributário Municipal - CATRIM

Decreto -E 167/2015

Os prazos se referem ao IPTU, taxas e ISS Autônomos para o exercício de 2016.

29/12/2015 15:10:31

635 acessos

DECRETO 167-E, DE 21-12-2015
(DO-BOA VISTA DE 28-12-2015)

CALENDÁRIO ANUAL DE TRIBUTOS MUNICIPAIS - Aprovação - Município de Boa Vista

Boa Vista aprova o Calendário Tributário Municipal - CATRIM
Os prazos se referem ao IPTU, taxas e ISS Autônomos para o exercício de 2016.


A PREFEITA DE BOA VISTA – RR, no uso das atribuições legais que lhe conferem o art. 62, combinado com o art. 75, inciso I, alínea “o”, da Lei Orgânica do Município, nos termos do art. 45, da Lei Complementar nº 1.223/09, e suas alterações,
CONSIDERANDO o art. 45 da Lei Complementar nº 1.223/09;
DECRETA:
Art. 1º. Fica aprovado o Calendário Tributário Municipal – CATRIM, para o exercício de 2016, conforme previsão contida no art. 45 da Lei Complementar nº 1.223, de 29 de dezembro de 2009.
Art. 2º. O pagamento dos tributos de lançamento, direto ou de ofício, a que se referem os artigos 75, inciso I, alíneas “a” a “d” e “f”, 177, 177-A, 181, 185 e 190 da Lei Complementar nº 1.223 de 29 de dezembro de 2009, obedecerá aos seguintes prazos, em parcelas iguais e consecutivas:

Item

Tributo

 Parcelas

Datas de vencimento

1

IPTU, CIP

06

 05/05, 06/06, 05/07, 05/08, 05/09, 06/10

2

TCL

04

05/05, 06/06, 05/07, 05/08

3

 TLEA

 03

 29/02, 31/03, 29/04

4

ISS-AUTÔNOMOS

 02

29/02, 31/03

5

TLLF/TAC

 

 

5.1

Até 50 m²

02

 29/02, 31/03

5.2

De 51 m² a 100 m²

03

29/02, 31/03, 29/04

5.3

De 101 m² a 250 m²

04

29/02, 31/03, 29/04, 31/05

5.4

De 251 m² a 500 m²

 05

 29/02, 31/03, 29/04, 31/05, 30/06

5.5

 Acima de 500 m²

06

 29/02, 31/03, 29/04, 31/05, 30/06, 29/07

6

TVS

 01

 29/02


1 – IPTU – Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana, CIP – Contribuição para Custeio de Serviço de Iluminação Pública;
2 – TCL – Taxa de Coleta de Lixo;
3 – TLEA – Taxa de Licença para Exploração de Atividades, para os casos previstos nos itens 4.1, 4.3, 4.5, 4.6, e 4.7 da Tabela III, da Lei Complementar nº 1.223 de 29 de dezembro de 2009;
4 – ISS – Autônomos – Imposto Sobre Serviços, devido pelos profissionais autônomos;
5 – TLLF – Taxa de Licença de Localização e Funcionamento, e TAC – Taxa de Atualização Cadastral.
6 – TVS – Taxa de Vigilância Sanitária
Parágrafo único. As eventuais sobras da divisão de tributos serão lançadas na primeira parcela.
Art. 3º. O pedido de isenção referente ao IPTU do exercício de 2016 deverá ser formalizado até 31 de maio de 2016.
Parágrafo único. O pedido de isenção de que trata o caput deste artigo deverá ser instruído com documentos comprobatórios que comprovem o enquadramento nas condições legais dispostas no artigo 130 da Lei Complementar nº 1.223 de 29 de dezembro de 2009.
Art. 4º. Fica o Titular do Órgão Tributário autorizado a baixar Instruções Normativas ou outros atos com o objetivo de dar ampla publicidade a este Decreto e resolver os casos omissos.
Art. 5º. Para o pagamento em cota única do IPTU e TCL, será concedido desconto de 10% (dez por cento).
Art. 6º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Teresa Surita
Prefeita de Boa Vista


MATÉRIAS RELACIONADAS
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.