x

50% dos profissionais brasileiros querem mudar de carreira em 2014

O estudo aponta ainda que o principal motivador desta mudança é o desejo por mais qualidade de vida

24/01/2014 08:43:41

967 acessos

Uma pesquisa realizada pela Catho, empresa de recrutamento e seleção, revelou que 50,2% dos profissionais brasileiros querem mudar de emprego neste ano. O estudo aponta ainda que o principal motivador desta mudança é o desejo por mais qualidade de vida.

E você, também pretende mudar de carreira em 2014?

Desempregadas ou não, hoje em dia está mais comum do que nunca encontrar pessoas insatisfeitas com suas profissões de formação e, que estão em busca de novos caminhos. Este desejo de mudança é maior do que a ambição por aumentos de salário (33,7%) e promoções de cargos (25,1%) aponta a pesquisa.

Coaching na Mudança de Carreira

Para o autor do livro "Coaching de Carreira – construindo profissionais de sucesso", o Master Coach Sênior e Trainer, José Roberto Marques, o estudo evidencia uma tendência natural, onde os profissionais desejam conciliar a profissão com sua vida pessoal, sem negligenciar nenhuma das partes.

“Quem disse que não dá para unir o emprego dos sonhos a uma vida feliz e equilibrada? Quanto mais me conheço, mais entendo minhas necessidades profissionais e pessoais e, consequentemente, eu fico mais próximo de me tornar uma pessoa realizada plenamente”, destaca o especialista.

Ainda segundo José Roberto Marques, o Coaching é uma abordagem que vem sendo utilizada por muitos profissionais neste processo de transição de carreira. “A metodologia auxilia no autoconhecimento e reúne uma série de ferramentas que permitem ao profissional entender suas motivações; conhecer os seus pontos fortes e de melhoria; mapear e reconhecer novas habilidades; eliminar crenças limitadoras e, trabalhar assertivamente, nesta mudança de profissão”, enfatiza.

Se você faz parte deste grupo ávido por mudanças, separamos dicas poderosas e que lhe ajudarão a planejar sua mudança de forma assertiva.

Confira 5 dicas para mudar de carreira em 2014

Faça um Planejamento: Prepare-se emocional e financeiramente para as mudanças, pois uma transição de carreira pode levar algum tempo e exigir bastante paciência e foco. Economize uma cota mensal de seu salário e use como reserva. Avalie os prós e contras para que sua decisão não impacte negativamente no orçamento da família ou mesmo prejudique sua carreira.

Defina Objetivos: o que você deseja alcançar com esta mudança de carreira? Defina suas metas e objetivos de forma clara e realista. Visualize o que deseja alcançar e coloque tudo isso no papel. Siga o planejamento e busque antecipar os problemas que podem ocorrer neste período de transição, para minimizá-los.

Pesquise tudo sobre a nova profissão: busque o máximo de informações sobre a nova carreira. Invista em leitura, faça cursos de atualização, conheça pessoas do novo ramo, saiba sobre o retorno financeiro, as condições de trabalho. Conheça ainda as competências exigidas e também profissionais que passaram pela mudança. Isso além de ajudar em seu planejamento é uma excelente maneira de ampliar seu networking.

Experimente o novo trabalho na prática: que tal experimentar o dia a dia da nova carreira pretendida? Isso ajudará e muito a mapear as competências que precisam ser desenvolvidas nesta mudança. Busque, no período das férias, um trabalho temporário na área pretendida, e conheça locais que oferecem o novo emprego ou os serviços que deseja oferecer em sua empresa.

Seja resiliente – a mudança de carreira pode acontecer de forma natural, sem grandes impactos ou então gerar muitas dificuldades no início. Ainda assim, procure manter-se focado em seu objetivo e automotivado. Isso fará toda diferença para superar as dificuldades e começar bem este novo ciclo.

Fonte: Blog do IBC

MATÉRIAS RELACIONADAS

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.