x

Mais de 170 mil já participaram de curso sobre Empreendedor Individual

Levantamento feito pelo Sebrae demonstra que 58% dos alunos têm a intenção de abrir seu próprio negócioEm menos de cinco

15/05/2010 00:00:00

1,5 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Levantamento feito pelo Sebrae demonstra que 58% dos alunos têm a intenção de abrir seu próprio negócio

Em menos de cinco meses, mais de 170 mil pessoas já fizeram pela internet o curso sobre Empreendedor Individual desenvolvido pelo Sebrae, segundo levantamento da instituição. A capacitação à distância, com a possibilidade de conhecer e tirar dúvidas sobre o tema, começou a ser oferecida no dia 12 de dezembro. Os interessados podem participar gratuitamente e se inscrever pelo site www.ead.sebrae.com.br.

O levantamento do Sebrae demonstra o nível de interesse despertado pelo Empreendedor Individual, já que 52% dos participantes estão fazendo um curso via internet pela primeira vez. Outro dado de peso é que 58% dos alunos querem abrir o próprio negócio. Os dados ainda revelam que 79% dessas pessoas conheciam pouco sobre o assunto antes de iniciarem o curso.

A dona de casa Vânia Marte Indiano, da cidade de Samambaia, no Distrito Federal, se encaixa neste perfil. Ela estava com receio de se deparar com aulas complicadas. Porém, preocupada com a segurança da família, já que o marido responde pelo sustento da casa com uma loja de som automotivo, decidiu fazer o curso. "Achei tudo muito fácil! Fiquei tão entusiasmada que meu esposo também quer fazer o curso e decidiu formalizar seu negócio", revela.

"Tudo é explicado com exemplos, o que facilita muito a compreensão", acrescenta sobre o curso o estudante de administração Edivaldo Oliveira Marcelo, de Tangará da Serra (MS), que pretende abrir uma empresa na área de alimentação.


Pequena revolução
"O que está acontecendo é uma pequena revolução. Todo o conhecimento acumulado para facilitar a abertura e a formalização dos negócios reflete-se também nos procedimentos internos adotados pelas empresas no seu dia-a-dia. A redução dos custos e da burocracia observada no início da vida empresarial gera boas práticas de gestão, que aumenta a rentabilidade do negócio e também melhora o atendimento à clientela", ressalta o diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos.

O curso aborda todas as informações sobre Empreendedor Individual como o que é necessário para se cadastrar, impostos a pagar, emissão de nota fiscal, contratação do empregado, acesso a financiamento e vantagens previdenciárias. A programação tem carga de três horas. Para facilitar o aprendizado do conteúdo, nos textos um trabalhador informal e um contador fictícios conversam a respeito do assunto e abordam diferentes pontos em tom coloquial.

Para tirar qualquer dúvida, o participante conta com a orientação de um tutor. O horário de estudo é estabelecido de acordo com a conveniência do interessado, característica importante, já que o levantamento do Sebrae mostrou que 51% dos alunos trabalham e estudam. Foi identificado ainda que o maior incentivo para participar vem da própria família e 88% deles estudam em casa e contam com acesso à conexão de banda larga.

"Este curso também representa a inclusão digital por outro viés, o da educação. Este público se beneficia de soluções gratuitas pela internet e reforça ainda uma importante característica do empreendedor: a curiosidade", define o gerente da Unidade de Atendimento Individual do Sebrae, Enio Pinto.
Saiba mais informações sobre o Empreendedor Individual no Portal do Empreendedor, no endereço www.portaldoempreendedor.gov.br.

Serviço:
Inscrições podem ser feitas pelo site www.ead.sebrae.com.br
Agência Sebrae de Notícias - (61) 2107-9101
www.agênciasebrae.com.br

Fonte: Agência Sebrae

Enviado por: Wilson Fernando de A. Fortunato

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.