x

Exame de suficiência ainda não tem data para começar

Prazo para obter registro sem necessidade de prova termina em 30 de julhoNo próximo dia 30 de julho termina o prazo para os técnicos contábeis

13/07/2010 00:00:00

1.842 acessos

Prazo para obter registro sem necessidade de prova termina em 30 de julho

No próximo dia 30 de julho termina o prazo para os técnicos contábeis e contadores graduados solicitarem o registro profissional no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) local. Ou seja, a partir de 2 de agosto de 2010 (segunda-feira seguinte), é obrigatória aprovação no exame de suficiência para obter o documento.

Apesar da exigência, até o momento da publicação desta matéria, não há data para o início da aplicação da prova. As informações sobre o exame estão previstas para a divulgação em 30 de julho, data em que vence os 45 dias que o CFC tem de prazo para adaptação à exigência.

Segundo o presidente do CFC, Juarez Domingues Carneiro, nesse período uma comissão vai discutir a aplicação do exame. O teste ocorreu há cerca de quatro anos, mas foi impedido por um mandado de segurança e o CFC optou suspender a aplicação da prova, pois a obrigação estava baseada em uma resolução e não em uma lei.

Com a Lei 12.249/10, publicada no Diário Oficial da União em 14 de junho, que entre outras atribuições altera o Decreto-Lei nº 9.295, de 27 de maio de 1946, sobre a regulamentação da profissão, o exame será obrigatório para o registro da profissão de técnico e graduado em Ciências Contábeis.

A lei também reafirmou o CFC como órgão regulador da profissão e estabeleceu à cassação do registro àqueles que cometerem ações que infrinjam o código de ética da classe. Para os especialistas ouvidos pelo FinancialWeb, a lei traz melhorias para aos contabilistas e ganhos à sociedade.

Fonte: Financial Web

Enviado por: Wilson Fernando de A. Fortunato

MATÉRIAS RELACIONADAS

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.