x

INSS ameaça cortar 100 mil aposentadorias sem cadastro

O ministro da Previdência, Nelson Machado, disse ontem que o governo deverá suspender até o fim deste mês 100 mil aposentadorias e pensões de beneficiários

10/03/2006 00:00:00

1,9 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

INSS ameaça cortar 100 mil aposentadorias sem cadastro

O ministro da Previdência, Nelson Machado, disse ontem que o governo deverá suspender até o fim deste mês 100 mil aposentadorias e pensões de beneficiários de todo o país que não atenderam ao primeiro chamado de recadastramento. O número corresponde a quase 10% dos 974 mil beneficiários que teriam que se recadastrar desde outubro do ano passado. Nelson Machado suspeita que, entre os não recadastrados, estejam integrantes de quadrilhas especializadas em fraudes contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) . Com o corte, o governo pode economizar até R$ 1,3 bilhão por ano. Entre os não recadastrados haverá desde pessoas que podem não ter entendido os avisos até quadrilhas organizadas, disse Machado. Segundo o ministro, os benefícios dos não recadastrados serão cortados a partir do próximo dia 3, quando começam os pagamentos de pensões e aposentadorias. Machado deixou claro, no entanto, que nesta primeira etapa o corte é provisório. O benefício pode ser restabelecido em menos de duas semanas, caso o aposentado ou pensionista atualize seus dados no sistema previdenciário.

Fonte: Valor Econômico

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.