x

ICMS/PE - Comercio varejista poderá efetuar o recolhimento do ICMS de dezembro em 2 parcelas

ICMS/PE - Comercio varejista poderá efetuar o recolhimento do ICMS de dezembro em 2 parcelas'Decreto nº 35.828, de 05.11.2010 - DOE PE de 06.11.2010 Introduz

09/11/2010 13:30:00

2,1 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

ICMS/PE - Comercio varejista poderá efetuar o recolhimento do ICMS de dezembro em 2 parcelas'




Decreto nº 35.828, de 05.11.2010 - DOE PE de 06.11.2010



Introduz alterações na Consolidação da Legislação Tributária do Estado, relativamente ao recolhimento do ICMS referente ao período fiscal de dezembro para o estabelecimento varejista.



O Governador do Estado, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 37, inciso IV, da Constituição Estadual,

Considerando a necessidade de promover ajustes relativamente ao recolhimento do ICMS referente ao período fiscal de dezembro para o estabelecimento varejista,

Decreta:



Art. 1º O Decreto nº 14.876, de 12 de março de 1991, e alterações, passa a vigorar com as seguintes modificações:

"Art. 52. ...

...

§ 1º O estabelecimento varejista, quanto ao imposto relativo ao período fiscal de dezembro, recolherá o respectivo valor em duas parcelas iguais e sucessivas, até o 15º (décimo quinto) dia ou 20º (vigésimo) dia dos meses de janeiro e fevereiro do ano seguinte, respectivamente, segundo os prazos indicados no inciso IV do caput, observando-se: (NR)

I - até 31 de dezembro de 1997, o disposto no § 1º do art. 757; (REN/NR)

II - a partir de 1º de janeiro de 1998, o disposto nos arts. 10, § 2º, e 14 da Lei nº 11.514, de 29 de dezembro de 1997; (ACR)

III - a partir de 1º de dezembro de 2010, não se aplica o disposto no caput quando o recolhimento relativo a quaisquer das parcelas ali mencionadas: (ACR)

a) não ocorrer ou ocorrer a destempo;

b) for realizado em valor inferior ao devido;

IV - na hipótese do inciso III, tomar-se-á por base para a cobrança de multa de mora e juros o valor integral do imposto devido e o termo final do prazo de recolhimento correspondente ao mês de janeiro. (ACR)

...".

Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.



Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário.

PALÁCIO DO CAMPO DAS PRINCESAS, em 05 de novembro de 2010.

EDUARDO HENRIQUE ACCIOLY CAMPOS

Governador do Estado

DJALMO DE OLIVEIRA LEÃO

LUIZ RICARDO LEITE DE CASTRO LEITÃO

FRANCISCO TADEU BARBOSA DE ALENCAR

Fonte: RICMS/PE

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.