x

Golpista lesa pequenos com cobrança de taxa para cadastramento

Um homem que se identifica pelo nome de Célio Silva e se faz passar por agente de fiscalização da Sala do Empreendedor, lesou alguns pequenos comerciantes e prestadores

02/02/2011 08:54:25

1,4 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Um homem que se identifica pelo nome de Célio Silva e se faz passar por agente de fiscalização da Sala do Empreendedor, lesou alguns pequenos comerciantes e prestadores de serviço dos bairros de Rondonópolis com a cobrança da taxa de R$ 30,00. Ele alega que é responsável pelo cadastro dos pequenos empreendedores, exige a taxa e determina a todos que procurem a Sala do Empreendedor na sede da Prefeitura, para regularizar a situação.

Jovelina Marques, a Jô, responsável pelo cadastro dos pequenos empreendedores, explica que recebeu denúncias de comerciantes humildes dos bairros da cidade. Um deles compareceu à prefeitura na tarde desta terça-feira (1º) e apresentou o recibo emitido pelo homem que assina como Célio Silva, além de uma espécie de certificado do ‘Simples Nacional’ utilizado para convencer as pessoas de que é representante do serviço de cadastramento do empreendedor individual.

Jô Marques alerta aos donos de pequenos negócios que a prefeitura não realiza nenhum trabalho desse gênero de porta em porta. Ela explica que o cadastramento do pequeno empreendedor só é realizado na Sala existente no piso superior da prefeitura, localizada na avenida Duque de Caxias, 526, na Vila Aurora. E a administração municipal não faz cobrança de nenhuma taxa desse serviço. “O cadastro é de graça. Ninguém paga nada por isso.

A orientação aos pequenos empreendedores é que denunciem o golpista à polícia, caso compareça aos estabelecimentos oferecendo o cadastro e cobrando taxa por isso. “A nossa orientação a todos é que chamem a polícia e denunciem essa pessoa. Esse homem está agindo de má fé e causando prejuízo aos pequenos empreendedores. Não podemos admitir isso”, desabafa Jô Marques.

Em caso de dúvida, as pessoas podem obter mais informações pelo telefone 3411.5754.

Fonte: 24 horas news

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.