x

Balança comercial do agronegócio tem superávit de US$ 3,9 bi em janeiro

Saldo é 23,4% maior do que o observado um ano antes; exportações somaram US$ 5,1 bi e bateram recorde-----RIBEIRÃO PRETO - A balança comercial do agronegócio

11/02/2011 14:12:56

1,5 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Saldo é 23,4% maior do que o observado um ano antes; exportações somaram US$ 5,1 bi e bateram recorde

-----

RIBEIRÃO PRETO - A balança comercial do agronegócio brasileiro encerrou janeiro com um superávit de US$ 3,9 bilhões, alta de 23,42% ante os US$ 3,16 bilhões de janeiro de 2010, informou hoje o Ministério da Agricultura. As exportações do setor no primeiro mês de 2011 somaram US$ 5,15 bilhões, 26,3% superiores aos US$ 4,07 bilhões de igual período de 2010. De acordo com o Ministério, é o melhor desempenho para o mês de janeiro desde 1989, início a série histórica. Já as importações do setor variaram 36,1%, se comparados os meses de janeiro de 2010 e de 2011, de US$ 917 milhões para US$ 1,25 bilhão.

No acumulado dos últimos 12 meses, as exportações do agronegócio brasileiro alcançaram US$ 77,5 bilhões, também valor recorde para o período. O valor é 19,8% maior que os US$ 64,7 bilhões do período de fevereiro de 2009 a janeiro de 2010. Os setores que mais contribuíram para o crescimento acumulado foram: complexo sucroalcooleiro, com alta de 38,5%, produtos florestais (29,5%) e carnes (16,3%).

O complexo soja (óleo, farelo e grão) foi o item com maior crescimento no mês de janeiro em valor e volume exportado. No total, as exportações do setor totalizaram US$ 598,6 milhões, aumento de 89,3% no período. A receita com a soja em grãos subiu 136,3% e a quantidade embarcada aumentou 123,7%. O volume exportado de óleo saltou 377,8% e o valor foi 531% maior que o verificado em janeiro de 2010.

Os embarques de café também foram destaque no mês passado, com receita de US$ 595,4 milhões, 65,9% superior à do primeiro mês do ano passado. A quantidade embarcada do café em grãos subiu 23,9% se comparados os períodos, para 155 mil toneladas ou 2,58 milhões de sacas de 60 quilos.

As exportações do frango in natura somaram US$ 505 milhões em janeiro, 51,4% a mais que o valor registrado no mesmo mês de 2010. O volume exportado saltou 28% entre os períodos, para 268 mil toneladas comercializadas. O frango respondeu pela metade da receita das carnes exportadas que somou US$ 1 bilhão no mês, alta próxima a 20% os ante janeiro de 2010.

Os Países Baixos, cujos portos são a entrada principal para a União Europeia, lideraram as importações do agronegócio brasileiro em janeiro, com US$ 426,4 milhões, alta de 38,4% sobre janeiro de 2010. Em seguida vieram Estados Unidos, com US$ 394,07 milhões, Rússia (US$ 302,17 milhões) e China. O país asiático importou US$ 256,56 milhões de produtos do agronegócio em janeiro, alta de 94,3% sobre os US$ 132,04 milhões de igual período do ano passado.

No acumulado, a China é o maior importador individual do agronegócio brasileiro, com participação de 14% das exportações totais. Segundo o Ministério da Agricultura, as importações chinesas passaram de US$ 8,8 bilhões entre fevereiro de 2009 e janeiro de 2010, para US$ 11,1 bilhões entre fevereiro de 2010 e janeiro de 2011, alta 25,5%. Os países em desenvolvimento são os que mais ampliaram as importações dos produtos agropecuários do Brasil.

Gustavo Porto, da Agência Estado


Fonte: Jornal O Estado de São Paulo

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.