x

Mercado eleva projeção para inflação e reduz PIB para 2011

As instituições financeiras elevaram as previsões para a inflação neste ano, segundo o relatório Focus divulgado pelo Banco Central (BC), mas reduziram as

14/02/2011 13:51:46

1,6 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

As instituições financeiras elevaram as previsões para a inflação neste ano, segundo o relatório Focus divulgado pelo Banco Central (BC), mas reduziram as projeções para o Produto Interno Bruto (PIB).

-----

Conforme documento publicado nesta segunda-feira (14/2), os agentes de mercado consultados estimam que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) encerre 2011 a 5,75%, ante projeção de 5,66% verificada na semana passada. Trata-se da décima alta consecutiva nas projeções.

Para o próximo ano, as instituições elevaram as estimativas de 4,61% para 4,70%.

Por sua vez, a aposta para o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) em 2011 foi aumentada de 6,00% para 6,33%. Em 2012, a expectativa é que o índice fique em 4,70%.

Para o Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) a projeção é de alta de 6,28%, face a 6,00% na semana passada.

No próximo ano, a aposta para o IGP-DI é de 4,67%.

PIB

As instituições consultadas pelo BC revisaram para baixo a projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2011. Os agentes esperam expansão de 4,50%, ante 4,60% há uma semana.

Selic

O mercado ajustou a previsão para a taxa básica de juros do país (Selic) em 2011, para 12,50% ao ano. A estimativa era de 12,25% há quatro semanas. No próximo ano, a expectativa para a Selic é de 11,25%, contra 11% na semana passada.

Câmbio

De acordo com o boletim Focus, a projeção para a taxa de câmbio foi reduzida para R$ 1,72 ao fim deste ano, contra R$ 1,73 na semana anterior. Para 2012, a projeção é de R$ 1,80.

Brasil Econômico (redacao@brasileconomico.com.br)


Fonte: Jornal Brasil Econômico

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.