x

SEFAZ/MT prorroga prazo para registro eletrônico das operações não presenciais

Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT) prorrogou para até esta sexta-feira (18.02) o prazo para o registro eletrônico das operações de remessas de bens

18/02/2011 09:39:39

1,6 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT) prorrogou para até esta sexta-feira (18.02) o prazo para o registro eletrônico das operações de remessas de bens e mercadorias realizadas por contribuintes estabelecidos em outras unidades da federação, referentes às aquisições realizadas à distância ou de forma não presencial por contribuintes mato-grossenses.

Assim, até 18 de fevereiro, as referidas operações poderão ser registradas no Sistema de Informações de Notas Fiscais de Saída e de Outros Documentos Fiscais, disponibilizado no portal da Sefaz (http://www.sefaz.mt.gov.br).

Para acessar o sistema, o remetente deve solicitar credenciamento e liberação da respectiva senha, mediante acesso à lista de serviços disponibilizados pela Sefaz, no portal do órgão, utilizando a pasta ‘contribuintes’ e efetuando a opção ‘credenciamento’.

O remetente que deixar de cumprir a obrigação acessória no prazo fixado ficará obrigado a recolher, na entrada do Estado, o ICMS por meio do Documento de Arrecadação (DAR), conforme os seguintes percentuais: 9% sobre o valor da operação constante do respectivo documento fiscal ou preço no mercado varejista e 18% quando em volume ou habitualidade que caracterize intuito comercial do destinatário, com os devidos acréscimos legais.

A postergação do prazo foi concedida aos contribuintes, por meio da Portaria nº 51/2011, em virtude da parada técnica ocorrida no acesso aos sistemas informatizados da Sefaz-MT no período de 14 a 19 de janeiro de 2011.

A medida não autoriza a restituição ou a compensação de importâncias eventualmente já recolhidas ou compensadas.

Fonte: Sefaz/MT

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

?>