x

Administração fiscal e contábil – Porque precisamos tanto dos contadores!

É importante possuir um contador com conhecimento para que todas as normas fiscais e contábeis sejam desempenhadas, com o objetivo de diminuir os riscos de atuações fiscais.

06/02/2015 08:47:23

1,9 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

empreendedorque deseja abrir um negócio tem que ter em mente que as áreas contábil e fiscal possuem uma grande importância para a sua empresa. Até porque, se as regras não forem cumpridas e os impostos pagos, o resultado pode gerar um grande problema posteriormente. Para isso, é necessário se organizar estar em dia com o Fisco.

A contabilidade é importante para a gestão de seus negócios fluírem de forma eficaz e produtiva (e só os contadores sabem como nos orientar nessas horas!). É importante possuir um contador com conhecimento para que todas as normas fiscais e contábeis sejam desempenhadas, com o objetivo de diminuir os riscos de atuações fiscais.

 Por isso, é válido pensar em aderir à terceirização da administração contábil por um contador com experiência no assunto. Para cumprir a legislação fiscal, os empresários devem seguir um sistema de contabilidade e levantar anualmente o Balanço Patrimonial. Assim, o parceiro fornecerá as informações necessárias para a tomada de decisões e somente a contabilidade oferece dados específicos para solucionar os seus problemas.

Quanto aos impostos, tudo depende do enquadramento tributário. Cada caso deve ser analisado individualmente, pois existem benefícios para empresas enquadradas como microempresas e empresas de pequeno porte, tais como: preferência em concorrências públicas, acesso ao juizado especial civil, fiscalização de forma orientadora, benefícios bancários para aquisição de capital de giro, entre outros.

Fonte: Blog Nasajon

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.