x
CONTEÚDO notícias

Dica de Carreira: Contador, o parceiro do empresário!

Para seguir carreira de contador, é fundamental ter afinidade com os números, já que o curso de graduação é voltado para a avaliação financeira e todas as análises envolvem números e fluxos de caixa.

11/02/2015 22:00:28

1,5 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Para seguir carreira de contador, é fundamental ter afinidade com os números, já que o curso de graduação é voltado para a avaliação financeira e todas as análises envolvem números e fluxos de caixa.

Ser bom com números não basta. Conhecimento sobre os cenários político-econômicos e mercado financeiro, domínio de outras línguas – afinal, num mundo globalizado, a empresa onde o contador trabalha ou seus clientes, caso ele tenha seu próprio negócio, o contador pode ter que lidar com relatórios, balanços etc. em inglês, espanhol etc; além de atualização constante através de cursos de curta ou longa duração, tornaram-se essenciais para o contador moderno; Ficar afastado desta evolução deixará o contador ultrapassado e com mercado de trabalho restrito.

Com as mudanças na legislação e, principalmente, o avanço tecnológico do Fisco o contador passou a ser mais cobrado, pois deve estará atento também com a tecnologia, para ter destaque no mercado de trabalho.

Boa demanda

Quem se forma em ciências contábeis pode trabalhar com:

  1. Recursos humanos;
  2. Área tributária de empresas;
  3. Gerência financeira;
  4. Auditoria;
  5. Perícia contábil ou judicial

Também pode atuar em escritórios ou abrir sua própria empresa. Profissionais liberais, micro e pequenas empresas costumam terceirizar o serviço contábil, enquanto as maiores têm suas próprias equipes.

Qualquer empresa, independente do tamanho, precisa de um profissional da área contábil.

Após concluir a graduação, o profissional de Contabilidade tem que fazer o exame de suficiência aplicado peloConselho Federal de Contabilidade (CFC), e assim obter o registro profissional. A medida foi introduzida pelo CFC a fim de qualificar o setor contábil.

Hoje o contador se tornou um analista que contribui para a tomada de decisões, detentor das informações contábeis da empresa, o trabalho passou a ter foco gerencial, pois tudo dentro de uma empresa, passa pelos registros contábeis, estando assim sujeito a análise do Contador, que o é parceiro estratégico e mais próximo do empresário.

Fonte: Confisco

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.