x

Empresas de sucesso

O sonho de ser independente faz com todos pensemos em um dia nos tornarmos empresários e conduzir nossas vidas profissionais de acordo com nossas vontades.Poucas

06/04/2011 19:07:59

1,6 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

O sonho de ser independente faz com todos pensemos em um dia nos tornarmos empresários e conduzir nossas vidas profissionais de acordo com nossas vontades.

Poucas pessoas têm idéia do quanto é trabalhoso conquistar essa “independência”, a preocupação com o pagamento das contas, o fluxo de caixa, custos, uma infinidade de obrigações que não existiam quando se trabalhava como empregado, o é que fato os futuros empreendedores terão flexibilidade de horários, serão “livres” para poder trabalhar, só que cada ação acarretará uma reação, dentro deste conceito é possível prever se a empresa permanecerá no mercado ou não.

Como fazer para poder montar uma empresa? A resposta que nos vem à cabeça é sempre que preciso dispor de grandes quantidades de capital para investimento, essa idéia já está ficando esquecida no passado, afinal não são necessárias vultuosas quantias para se fazer uma Empresa ir para frente, basta saber administrar o que se tem nas mãos, é na gerência que se multiplica o capital e diminui o tempo de retorno do investimento.

Para conseguir auferir rendimentos deve – se primeiramente planejar a empresa, procurar profissionais sérios que estejam dispostos a colaborar com todas as informações necessárias para confecção do plano de negócios, é nele em que estarão estimados todos os custos, despesas e as estimativas de receita, os concorrentes diretos, a experiência do empresário no ramo, enfim tudo estará no plano de negócios, com ele em mãos já se pode ter noção de quanto tempo o capital investido levará para retornar.

O regime fiscal também é fator importante para qualquer empresário, uma vez sabendo quais impostos terá de pagar os computará no custo final de seus produtos e serviços, não tendo surpresas quando as guias para pagamento chegarem até a Empresa, muitos empresários por medo da concorrência desleal deixam de computar esses impostos no custo final e acabam tendo seu capital de giro comprometido e acabam recorrendo a empréstimos onerosos para saírem do “sufoco”.

Fonte: MSSoluções em Gestão Empresarial

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.