x

Contadores dobram a carga horária

A proximidade do fim do calendário de entrega das declarações do Imposto de Renda de 2011 tem provocado uma corrida de contribuintes aos escritórios de contabilidade

27/04/2011 16:47:58

2 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

A proximidade do fim do calendário de entrega das declarações do Imposto de Renda de 2011 tem provocado uma corrida de contribuintes aos escritórios de contabilidade de Curitiba. Para atender a demanda de última hora, alguns contadores estão trabalhando dobrado, já que ainda surgem pessoas querendo entregar documentos para fazer a declaração na última hora.

Segundo a contadora Thaís Lopes, da Assolari Assessoria Contábil, a semana começou com movimento 50% acima da normal para este período final. “Muita gente está realmente deixando para os últimos dias, até mesmo os nossos próprios clientes, que receberam alertas do escritório para agilizar o processo, estão chegando agora”, conta.

Segundo ela cada contador que antes fazia duas declarações por dia agora está tendo que fazer quatro para não perder o prazo.

O empresário Antonio Reinaldo Bonato só agora conseguiu reunir seus documentos para a declaração – que foram entregues ontem ao seu contador. “Eu geralmente não deixo para fazer a declaração nos últimos dias, mas estava bem apurado esse ano”, justifica.

O empresário afirma que não se preocupa com a situação, já que confere com cuidado todos documentos antes da entrega, além de ter o auxílio de seu contador para acompanhar o processamento da declaração pelo site da Receita Federal. “Caso exista algum problema, fica bem mais fácil resolver”, garante.

O contador Antonio Carlos Lopes afirma que essa procura de última hora complica o trabalho dos profissionais. “O pessoal deixa tudo para os últimos dias, achando que como o processo é simples não tem pressa. Mas muita gente pode ter problemas como a falta de documentos”, diz. Segundo ele o movimento em seu escritório aumentou 60% nessa reta final.

O presidente da Federação dos Contabilistas do Estado do Paraná (Fecopar), Divanzir Chiminacio, afirma que o contribuinte brasileiro “se acostumou” com o atraso na entrega. Ele lembra que, no ano passado, 11% dos brasileiros só enviaram a declaração no último dia, número que deve se repetir em 2011.

Números

De acordo com dados da Receita Federal, atualizados no fim da tarde de ontem, cerca de 600 mil paranaenses ainda não entregaram a declaração do Imposto de Renda de 2011, o que equivale a 38% da base de contribuintes no estado. Na média do país 65,5% dos contribuintes já prestaram contas ao Fisco, restando ainda 8,3 milhões de declarações.

Ontem o sistema de informações da Receita Federal registrou o envio de até 116 mil documentos por hora – mais de 30 por segundo –, recorde desde o início do prazo de entrega da declaração, em 1.º de março.

O prazo final de entrega vai até as 23h59 da próxima sexta-feira (29). O contribuinte que não entregar até a data fica sujeito à multa mínima de R$ 165,74, ou a máxima de 20% do imposto devido.


Fonte: Gazeta do Povo

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.