x

Hábitos que afetam a produtividade no trabalho

Produzir é a palavra de ordem no mundo dos negócios, porém, alguns fatores internos e externos podem atrapalhar o bom desempenho do profissional. A era do imediatismo

19/05/2011 16:12:00

1,7 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Produzir é a palavra de ordem no mundo dos negócios, porém, alguns fatores internos e externos podem atrapalhar o bom desempenho do profissional. A era do imediatismo tem transformado a rotina corporativa e a vida dos profissionais que, muitas vezes sobrecarregados, veem o seu rendimento cair pela metade. O especialista em administração de tempo e produtividade Christian Barbosa pontua que, pequenos maus hábitos, não corrigidos a tempo, podem afetar a produtividade no trabalho.

Barbosa divide o problema em dois níveis: o corporativo, que diz respeito à cultura organizacional, e o pessoal, referente ao próprio indivíduo. Diz ele que, no universo empresarial existem três vilões que afetam o rendimento produtivo do profissional. O primeiro é a falta de prioridades. “As pessoas não priorizam o que deve ser feito imediatamente e o que pode ser feito depois. É preciso privilegiar as tarefas urgentes”. O segundo diz respeito ao senso de urgência, pois, “erroneamente, muitas empresas colocam seus profissionais em um ritmo acelerado desnecessário, confundindo pressa com velocidade”. O terceiro é o excesso de reuniões. Esse tipo de ação, rotineira no mundo empresarial, desperdiça tempo da equipe, obrigando o funcionário a realizar jornadas mais longas de trabalho para compensá-lo. O especialista ensina que esses fatores devem ser equacionados para que o profissional possa ser mais produtivo e tenha um melhor aproveitamento de tempo no ambiente corporativo.

Existem também alguns comportamentos individuais que podem prejudicar a produtividade do profissional: a falta de método é um deles. Para o especialista “é impossível trabalhar em nossa era sem um método de gestão de tempo para as atividades. Precisamos adotar uma metodologia eficiente ou vamos nos perder em tantas demandas”, observa. Existe também o profissional multitarefa. Neste caso Barbosa chama a atenção: essa versatilidade só é possível para algumas pessoas, pois, muitos não se focam em uma atividade e acabam gastando 20% a 30% a mais de tempo na execução dos trabalhos.

Outro item que atrapalha o trabalho é permanecer conectado aos meios eletrônicos o tempo todo. Manter o e-mail sempre aberto pode desviar o foco da produção ou da execução das atividades. “É preciso estabelecer um horário para checar as mensagens eletrônicas a fim de poder se concentrar nas tarefas que merecem ser priorizadas”, alerta.

Fonte: CRC - SP

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.