x

Você usa a internet na busca de informações ou de soluções?

Vivemos na era da informação! Basta ingressarmos num site de busca na internet e digitarmos uma palavra para entendermos o alcance dessa afirmação.Porém, o

28/05/2011 12:37:11

1,5 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Vivemos na era da informação! Basta ingressarmos num site de busca na internet e digitarmos uma palavra para entendermos o alcance dessa afirmação.

Porém, o que algumas pessoas, entre elas empreendedores, parecem não levar em conta é que informação não significa necessariamente uma solução, especialmente quando nos referimos à área de gestão empresarial.

Informação nem sempre é solução:

Algumas informações divulgadas pela internet se limitam a dados acerca de alguém ou de algo, algumas vezes infelizmente produzidas ou mesmo manipuladas por pessoas com interesses comerciais nem sempre transparentes. Já o verdadeiro conhecimento que resulta em soluções envolve a capacidade de julgar a validade de informações, conjugando-as (no caso delas serem válidas) com a experiência e a formação técnica que cada um possui, para a produção de resultados proveitosos.

Dessa forma fica claro que muitas vezes para transformar informações válidas em soluções é necessário que elas sejam somadas à vivência prática e/ou acadêmica, para se transformarem em conhecimento útil, aproveitável.

Como transformar, na prática, informações em soluções?

Tentarei ilustrar de maneira prática como transformar informação em soluções criando utilizando um exemplo atual: Imaginemos um empresário que precisando contratar um novo empregado lê na internet várias pesquisas dizendo que falta mão-de-obra devidamente qualificada no mercado. Diante dessa informação o empresário poderá:

1): Esse empresário poderá simplesmente desistir de fazer essa nova contratação por considerar inviável, pois considera que para encontrar um profissional capacitado no mercado sua empresa deveria oferecer uma remuneração maior do que aquela paga aos seus atuais empregados, lembrando que está prática poderia gerar um aumento em cascata do salário dos seus salários (equiparação salarial). Para contornar a falta que esse novo empregado ele decide aumentar o número de horas extras realizadas por seus empregados, correndo o risco de ver diminuir a produtividade de sua empresa e de aumentar os riscos de acontecer um acidente de trabalho gerado por essa sobrecarga.

2): O mesmo empresário, entretanto, pode ir além da informação recebida, utilizando o quadro geral apresentado nas mencionadas pesquisas como subsídio na construção de um programa de formação de novos empregados e capacitação permanente da mão-de-obra de sua empresa, resolvendo seu problema sem a geração dos efeitos indesejáveis mencionados (equiparação salarial, aumento das horas extras, queda na produtividade e aumento no número de acidentes de trabalho).

Então onde podemos encontrar o verdadeiro conhecimento?

Como vimos no exemplo acima, diferente das informações que muitas vezes podem ser encontradas de forma gratuita na internet, o conhecimento que resulta em soluções pressupõe a existência de uma formação acadêmica e profissional sólidas, o que costuma ter um custo, uma vez que estes serviços até podem ser oferecidos pela internet mais que dificilmente serão “gratuitos”, isto por envolverem a contratação dos serviços de profissionais qualificados (consultores, advogados, contabilistas, etc.).

Autor: Boris Hermanson.

Fonte: Blog “Direito Para Empreendedores”

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.