x

Societário

Proprietário de metalurgia é preso por conta de sonegação de R$ 32 milhões

Proprietário da empresa foi preso preventivamente e operações de busca e apreensão foram realizadas em sua casa.

24/12/2016 17:19:34

2 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Uma empresa de metalurgia foi alvo de uma operação fiscalizatória por conta do uso indevido de créditos do ICMS. Situada em Belo Horizonte (Minas Gerais), a companhia foi responsável pela sonegaçãode cerca de R$ 32 milhões, de acordo com as investigações.  

A ação – batizada de Harmonia – foi coordenada pela Secretaria de Estado da Fazenda de Minas Gerais. Ela contou também com apoio Ministério Público e Polícia Civil.

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos tanto na empresa em si, quanto a casa de se proprietário, que ainda foi preso preventivamente. Segundo a Sefaz-MG, com os documentos e arquivos apreendidos nos dois locais, espera-se constatar o valor real de ICMS que a empresa deve.

Lavagem de dinheiro

A secretaria informou também que “as buscas têm ainda o intento de identificar bens patrimoniais dos envolvidos, que possam garantir os créditos tributários já constituídos e a constituir, além de caracterizar, se for o caso, a ocorrência de crime de lavagem de dinheiro.

Ao todo, 13 auditores do Núcleo de Atividades Fiscais Estratégicas (NAFE) e da equipe de operações especiais, além de 10 policiais civis, participaram da operação Harmonia.

Fonte: Blog Skill

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.