x

Uso indevido das mídias sociais pode prejudicar a carreira

De acordo com pesquisa do Ibope, em parceria com a Win (Worldwide Independent Network of Market Research), no Brasil, aproximadamente 87% dos internautas utilizam

19/08/2011 19:58:56

1,7 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

De acordo com pesquisa do Ibope, em parceria com a Win (Worldwide Independent Network of Market Research), no Brasil, aproximadamente 87% dos internautas utilizam as redes sociais. As mais populares no País são o Facebook, Orkut e Twitter.

Utilizar essas mídias sociais requer cuidado, principalmente, para os profissionais. Segundo a especialista em Etiqueta Corporativa, Licia Egger, é preciso ter rigor com as informações disponibilizadas na rede, principalmente no que diz respeito à vida profissional. “Usar esse espaço para desabafar, fazer críticas e comentar situações vividas profissionalmente pode trazer sérios prejuízos para a carreira”, explica.

Outro aspecto agravante é o uso dessas mídias sociais durante o expediente de trabalho. Na opinião da especialista, mesmo que a ferramenta esteja liberada na empresa, ela só deve ser usada para fins profissionais. “Existem funcionários que confundem a liberdade dada pela organização e acabam utilizando a ferramenta indevidamente e para fins pessoais”.

No Brasil, não existe uma legislação específica que venha a punir atos ocorridos no mundo virtual. Porém, em alguns casos, se a publicação comprometer a empresa da qual o funcionário fez o comentário e, se comprovada a intenção em manchar a imagem da empresa com prejuízos aos negócios, podem ser aplicadas as leis comuns. De acordo com Licia, dependendo do comentário, a corporação pode demitir o profissional por justa causa.

A especialista recomenda que o profissional deve estar atento ao postar informações nas redes sociais, pois comentários indevidos podem gerar, num futuro bem próximo, grandes transtornos tanto para ele quanto para a empresa. “É preciso ter bom senso e ética na hora de disponibilizar informações no mundo virtual, pois tudo que é divulgado na internet pode ganhar proporções inimagináveis”, garante Licia.

Fonte: IBOPE

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.