x

Esportista, não-fumante e "doutor" pagam menos seguro

Praticantes de esportes e pessoas que não fumam tendem a levar uma vida mais saudável e, por conta disso, têm menos propensão a apresentar problemas de saúde.

14/12/2006 00:00:00

1,8 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Praticantes de esportes e pessoas que não fumam tendem a levar uma vida mais saudável e, por conta disso, têm menos propensão a apresentar problemas de saúde. Esses indivíduos de hábitos mais "regrados" já pagam menos nos EUA quando vão adquirir um seguro de automóvel. "O seguro de veículos começou com uma taxa mediana, mas agora está voltado à área comportamental", afirma Anderson Mello, diretor de Automóveis e Massificados do grupo SulAmerica. Ele explica que existe uma forte tendência de os mesmos critérios chegarem em breve ao Brasil. Segundo Mello, outro fator que conta também é o nível de escolaridade do motorista - quanto mais alto, menor é o risco. "Aqui ainda não usamos como parâmetro o fato de ser fumante ou não. Mas lá fora isso já existe." De resto, a juventude e os hábitos noturnos continuam pesando contra o segurado: jovens de 18 a 24 anos e pessoas que saem à noite três vezes por semana ainda pagam bem mais.

Fonte: Folha

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

?>