x

SP sanciona nesta quarta lei contra consumo de álcool por menores

O governador Geraldo Alckmin vai sancionar nesta quarta-feira (19) a lei que aumenta a fiscalização de bebidas alcoólicas no estado. A legislação proíbe a

19/10/2011 09:04:15

1,6 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

O governador Geraldo Alckmin vai sancionar nesta quarta-feira (19) a lei que aumenta a fiscalização de bebidas alcoólicas no estado. A legislação proíbe a venda, oferta e permissão de consumo de bebida alcoólica a menores de 18 anos em estabelecimentos comerciais do estado. O projeto cria mecanismos de fiscalização e controle para cumprimento do que rege o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Segundo o governo, o ECA só proibia a venda de bebidas alcoólicas para menores, não havendo punição para os estabelecimentos que permitissem o consumo, mesmo no caso de adolescentes acompanhados de responsáveis.

O projeto prevê aplicação de multas entre R$ 1,7 mil até R$ 87,2 mil, além de interdição por 30 dias - ou até mesmo a perda da inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS - de estabelecimentos que vendam, ofereçam, entreguem ou permitam o consumo em suas dependências de bebida com qualquer teor alcoólico entre menores de 18 anos de idade.

Os estabelecimentos também deverão ter avisos que indiquem a proibição do consumo de álcool por adolescentes. A partir da sanção, será feita uma campanha educativa por 30 dias. Depois desse período as multas começarão a ser aplicadas.

A fiscalização será feita por 500 fiscais da Vigilância Sanitária e do Procon – 200 na capital paulista e 300 no interior – que visitarão todos os estabelecimentos que comercializem álcool para verificar se a lei está sendo cumprida.

“Nós temos certeza que a sociedade vai apoiar essa lei. A questão do álcool e o adolescente é muito grave. Boa parte se torna dependente químico, 20% dos adolescentes consomem álcool regularmente”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Giovanni Guido Cerri.

Fonte: Globo.com

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.