Contábeis o portal da profissão contábil

15
Dec 2018
14:57

Notas Fiscais

Como consultar NFes do mês passado para o SPED fiscal

O SPED fiscal depende das NFes emitidas no mês anterior para ser enviado sem "furos". Veja como usar o Arquivei para consultar NFes dos últimos 90 dias sem chave de acesso.

10/10/2018 14:52

informe publicitário

sped nfe

O contador está acostumado a consultar Notas Fiscais e outros documentos fiscais manualmente, principalmente quando gerencia uma pequena empresa. O processo já é conhecido, utiliza-se a chave de acesso (44 dígitos) presente no DANFe, que acompanha a mercadoria, no site da Sefaz.

Além do tempo despendido para realizar tal atividade, muitas empresas ainda perdem o DANFe (impresso em papel comum) e ficam limitadas na consulta de NFe. Ou seja, utilizando o método manual fica impossível registrar um histórico de entrada e saída de mercadorias e isso é refletido na entrega de escriturações e fechamento do mês.

Com o Arquivei, todas as NFes são consultadas de forma automática (sem necessidade da chave de acesso) diretamente da Secretaria da Fazenda, junto ao certificado digital. Faça o login, insira seu certificado A1 ou A3 e inicie a consulta automática.

Ao abrir o Arquivei pela 1ª vez, será possível escolher o tipo de documento fiscal e a consulta. Veja abaixo:

 

 

Basta clicar em “Consulta Completa” e consultar todas as NFes emitidas contra o CNPJ da empresa. As NFes emitidas também podem ser visualizadas a partir do upload na plataforma.

No painel de NFes, estão discriminadas as Notas Fiscais emitidas contra o CNPJ da empresa, separadas por filtros, como: emissão, número, criada em, chave de acesso, valor, etiquetas (que são exclusividade do Arquivei), empresa e etc.

 

 

Ao passar o mouse sobre a Nota desejada, é possível visualizar o DANFe, ver a CTe relacionada, atualizar o Status da Nota, Manifestar (veja mais informações abaixo) e baixar.

 

 

No aplicativo “Conferência de SPED”, também presente na plataforma do Arquivei, é possível criar um filtro, que destaca as NFes de um certo período (data inicial, data final). Veja a imagem abaixo:

 

 

A empresa escolhe a seguir se deseja inserir um arquivo CSV, TXT, chave de acesso ou SPED que contenha suas Notas Fiscais, conforme é ilustrado abaixo:

 

No caso consulta de NFe através do site da Sefaz são informados todos os dados que constam na NFe. Porém, incluir todos os dados em uma planilha e só depois conseguir conferir o arquivo de entrega do SPED custa tempo e dinheiro.

Além desses fatores, o armazenamento do arquivo XML da NFe é obrigatório. Quem armazena NFes em computadores e pastas, corre o risco de perda ou corrupção e a empresa pode ser multada em até R$ 1 mil por arquivo não apresentado em uma fiscalização.

Consultar todas as NFes emitidas contra o CNPJ e ter o armazenamento digital e seguro dessas NFes e CTes é uma necessidade básica em comum para todos os portes de empresa.

Veja uma demonstração de como a plataforma do Arquivei garante a consulta e armazenamento das NFes emitidas nos últimos 90 dias para uma gestão contábil e financeira impecável. Ou confira agora mesmo, fazendo um teste grátis.

Outro grande risco que todos os empreendedores correm ao abrir o CNPJ é a emissão de Notas indevidas (Notas Frias ou falsas), porém quem lida com essa situação é o contador no dia a dia. A situação é muito comum e pode passar despercebida no caso de grandes volumes de Notas Fiscais.

Em 2014, o estado de São Paulo reportou que as fraudes com Notas Frias somaram R$ 124 milhões, segundo reportagem da Folha de S. Paulo.

Sem uma consulta automática, conectada à Sefaz pelo certificado digital da empresa, não é possível saber quais são essas Notas. Assim, o CNPJ pode ser fiscalizado e autuado por omissão, sem um motivo que tenha ciência.

Teste gratuitamente a plataforma do Arquivei e aproveite para realizar a Manifestação do Destinatário (MDe): Ciência, Confirmar Operação, Desconhecer Operação e Não realizada e evite a autuação do Fisco.

 

 

As Notas Fiscais foram modernizadas por um motivo: o Fisco precisa ter controle sobre as movimentações, para saber quais empresas estão em desacordo com a lei. Não há motivos para que o empreendedor não se modernize na consulta e  passe a utilizar dos dados das NFes para melhorar seus setores financeiro, contábil e fiscal.

Enquanto a empresa fica parada em relação à tecnologia, a Receita Federal supera suas estimativas de autuações. Em 2017, o Plano Anual da Fiscalização da Receita Federal alcançou montante de R$ 204,99 bilhões de crédito tributário.

 

Enviado por

Redação Contábeis

MATÉRIAS RELACIONADAS

Receba Novidades

receba novidades sobre o site e o fórum de contabilidade em seu e-mail

x

CADASTRE-SE
GRATUITAMENTE

e faça parte da maior
comunidade contabil
da internet brasileira

x

Faça parte da maior
comunidade da internet
brasileira
, e receba nosso
conteúdo gratuitamente

CADASTRE-SE GRÁTIS

ENVIAR

Ao se cadastrar, você aceita os termos de uso do portal Contábeis.

CADASTRE-SE COM AS REDES SOCIAIS

x

OLÁ ROGÉRIO

vocÊ sabia que você pode
enviar artigos pelo site ?

x

digite seu email ao lado
para receber a senha
em sua caixa de entrada.

RECUPERAR MINHA SENHA

ENVIAR
x

Parabéns!

Veja os próximos passos
para aproveitar tudo o que
preparamos para você.

x

Cadastro efetuado com sucesso !
Enviamos para seu e-mail os procedimentos para confirmação de seu cadastro.
Ele será concluído depois que você fizer a confirmação via e-mail.

Caso não tenha recebido:

* Aguarde mais alguns minutos.
* Verifique sua pasta de spam (ou lixo eletrônico).
* Solicite o reenvio da mensagem de confirmação clicando aqui.

Prezados(as) senhores(as), o Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussoes dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro. Ao acessar este site você concorda com os Termos de uso.

Site desenvolvido por
Julio Guimarães | Rogério César