x

Empresarial

CAIXA capacita micro e pequenos empresários do Brasil e da Colômbia

Ação faz parte do Projeto de Integração Fronteiriça coordenado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF)

19/11/2018 10:58:12

223 acessos

CAIXA capacita micro e pequenos empresários do Brasil e da Colômbia

Os micro e pequenos empresários das cidades de Tabatinga, no Amazonas, e Letícia, na Colômbia, receberam oficinas de capacitação realizadas pelo Projeto de Integração Fronteiriça. A ação foi desenvolvida, nesta terça e quarta-feira (14), pela CAIXA e pela Banca de las Oportunidades, da Colômbia, sob a coordenação do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). 

As cidades beneficiadas fazem parte da região da tríplice fronteira Brasil/Colômbia/ Peru, e a cidade colombiana de Letícia é um importante porto fluvial e comercial que beneficia os três países. O Projeto Integração Região de Fronteira foi firmado em maio de 2017 com o objetivo de desenvolver a região e propor ações para atuação conjunta. 

Para Marcos Lima, gerente de Estratégia de Clientes Varejo MPE da CAIXA, a capacitação realizada contribui para o desenvolvimento econômico e social da região. “Dessa forma, também favorecemos o cumprimento da ambição estratégica da CAIXA que é fortalecer os micro e pequenos negócios”, afirmou Lima. 

As oficinas oferecidas buscaram oferecer ao empresariado da região capacitação sobre educação financeira e o acesso a produtos e serviços bancários. O processo de migração para o mercado formal também foi alvo de estudo pelos microempresários, que convivem em uma Zona de Livre Comércio, amparada por medidas de tributação diferenciadas.  

Cooperação técnica internacional 
O Projeto de Integração Fronteiriça é parte das ações de Cooperação Técnica Internacional (CTI) realizadas pela CAIXA. Essa modalidade de cooperação é entendida como um aprofundamento das relações do Brasil com outros países para a integração política, econômica e social. 
Há mais de dez anos a CAIXA tem atuado na execução de projetos de cooperação internacional. Neste período, foram executados 14 projetos que deixaram 64 realizações e legados em países da África, América Latina e Oriente Médio. 

Ao todo 166 empregados participaram diretamente das atividades de CTI e se capacitaram por meio desse instrumento de política externa, que também abriu as portas do banco para o mundo.

Fonte: CAIXA

MATÉRIAS RELACIONADAS

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.