x

Fiscalização

Como descobrir uma empresa inidônea na escrituração da sua empresa antes da visita do fisco

Conheça o site de busca que te alerta sobre fornecedores e clientes que são e serão inidôneos fiscais.

17/12/2018 10:10:33

4.056 acessos

Como descobrir uma empresa inidônea na escrituração da sua empresa antes da visita do fisco

Ultimamente tem sido muito comum as empresas serem surpreendidas pela visita da fiscalização tributária com a notícia de ter sido detectado, de forma remota, na sua escrituração fiscal digital, o registro de nota fiscal eletrônica de empresa considerada inidônea. Para esta infração, que chega a quase 25% dos Autos de Infrações lavrados pelo Fisco, as multas podem atingir a 35% do valor da operação mais 18% de ICMS e acréscimos financeiros, isso sem contar a representação criminal ao MPE por crime de sonegação fiscal. Esses autos são mais comuns do que parece, não sendo muito noticiados em razão do sigilo fiscal e porque as empresas, em razão da sua imagem, também procuram não divulgar tal fato desabonador.

Com a exceção das fraudes fiscais criminais, a maioria das situações está relacionada à busca de potencializar o lucro ou mesmo sobreviver no mercado. Na maioria dos casos, uma empresa compradora que necessita de determinada mercadoria é assediada por pessoas que as oferecem através de empresas constituídas que efetivamente entregam os produtos com nota fiscal e com preços e condições competitivas. A empresa compradora, não obstante, ao adotar cuidados de consultar os sistemas Sintegra e outros, fica surpresa, estarrecida e apavorada com a informação sobre seus fornecedores e até mesmo sobre seus clientes, por ocasião da lavratura do referido Auto de Infração.

É um cenário de horror tributário que acaba por levar muitos empresários, diretores, gerentes e compradores, a terem insônia e até alterações de saúde, considerando que contribui para esse cenário o fato de o Fisco demorar, na maioria dos casos, até anos, para descobrir que determinada empresa que se encontrava na situação ativa e regular agora passou a ser declarada irregular e inidônea e o que é pior, retroagindo os efeitos da inidoneidade desta empresa fornecedora para desde a sua abertura, o que resulta atingir operações passadas e já registradas. Ou seja, a checagem na época das compras de mercadorias através do Sintegra e outros sistemas foram inúteis, pois mesmo assim a empresa compradora provavelmente será autuada.

A única forma de se manter em alerta em relação à possibilidade de fornecedores virem a se tornar inidôneos pelo Fisco e assim adotar medidas preventivas antes do Auto de Infração é com o sistema Inidon. O sistema Inidon supera os sistemas antifraude do mercado, inclusive o próprio Sintegra, pois ele identifica em segundos, empresas que o Fisco acabou por iniciar o processo de investigação fiscal para torná-la, no futuro, inidônea e este fato não se encontra registrado no Sintegra e nem nos sistemas disponíveis no mercado.

O sistema Inidon é o único que possui um banco de dados próprio, onde só do Estado de São Paulo, encontram-se cadastradas mais de 180 mil empresas irregulares e aquelas que se encontram em início de fiscalização para serem declaradas inidôneas.

Seja cauteloso e evite prejuízo fiscais, acesse o site do Inidon e faça um teste grátis.

MATÉRIAS RELACIONADAS

RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL

cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.