x

Tecnologia

Confira como foi o segundo dia de CONVECON

Evento realizado pelo CRCSP enfatiza a importância de atualização na era digital contábil.

06/11/2019 10:46:58

1.907 acessos

Confira como foi o segundo dia de CONVECON

O segundo dia de CONVECON, Convenção dos Profissionais da Contabilidade do Estado de São Paulo realizado pelo CRCSP, contou com cerca de 20 palestras e reuniu mais de 3 mil profissionais segundo a organização. 

A programação conta com apresentações simultâneas divididas em quatro “Trilhas de Conhecimento”, planejadas para cada área de atuação. São elas – 1) Tecnologia e Inovação; 2) Auditoria, Compliance e Riscos; 3) Liderança e Ética Profissional; 4) Negócios e Empreendedorismo Contábil.

O evento que vai até quarta-feira, 6, tem o objetivo de contribuir para o conhecimento e o aprendizado daqueles que atuam ou estão ingressando na área contábil, enfatizando, especialmente nessa era digital, a necessidade de atualização e adaptação constantes.

Para abrir o segundo dia, Zulmir Breda, presidente do CFC, falou sobre as transformações da profissão contábil na era digital. Para ele, um sólido histórico em finanças e contabilidade não é mais suficiente para se tornar um parceiro de negócios com valor agregado a longo prazo.

 

Contudo, ele comentou que pela primeira vez o contador deixou de ser inserido entre as pesquisas que listam as profissões que correm risco de extinção, mas é preciso se adaptar as mudanças.

“Os futuros contadores precisarão de competências e habilidades aprimoradas em estatísticas, aplicativos de dados que cobrem uma variedade de áreas, domínio de negócios, competência comercial e de liderança”, explica.

Também aconteceu um painel que abordou os desafios do sistema CFC/CRCS na Transformação Digital que contou com a participação de Ana Tercia Lopes Rodrigues, Ticiane Lima dos Santos, Palmira Leão de Souza, Vilma Pereira de Souza Silva, Rosa Maria Abreu Barrons, Iara Sônia Marchioretto e Marcia Ruiz Alencar.

No painel, elas abordaram que a tecnologia vai ser uma ferramenta para conexão, mas é o humano que vai estar no centro do processo. Para Ana Tercia Lopes Rodrigues, tudo já está na nuvem e é por isso, que os próprios CRCs já estão se adaptando às mudanças para diminuir a quantidade de papel e processos.

O grande desafio é ter uma estrutura mais plana, menos burocrática, linguagem mais direta. “Tecnologia é um facilitador do que não temos, mas queremos ter”, conclui.

O norte-americano Jim Gurowka falou sobre a liderança das finanças na era digital. Para o contador, computadores já realizam alguns processos de forma mais eficiente que humanos.

Para ele, é assustador pensar que a tecnologia pode realizar trabalhos de contadores. Por isso, é importante conhecer cada vez mais novas ferramentas e passar a entender melhor análises, parcerias, estratégias e desenvolvimento para se diferenciar.

“Para evoluir é preciso focar na capacidade de adaptar e nunca perder a sua noção de identidade e valores”, afirmou.

Por fim, o judoca, medalhista e empresário Flávio Canto falou sobre empreendedorismo e superação. Com uma palestra motivacional, ressaltou a importância de reagir diante de fatos cotidianos. 

Inspirado nos princípios do judô, Flávio falou sobre coragem, humildade, disciplina, honra, excelência e solidariedade, valores distribuídos ao longo dos momentos mais importantes da sua caminhada como atleta, na TV e na construção do Instituto Reação.

“Sempre que algo der errado, é preciso saber levantar e persistir”, concluiu.

 

MATÉRIAS RELACIONADAS
RECEBA CONTEÚDO EM SEU EMAIL cadastrar

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.