x

Projeto que modifica Lei Geral pode ser votado na Terça(17)

Projeto que modifica Lei Geral pode ser votado na terça (17) Brasília - O presidente do Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae, senador Adelmir Santana, disse

17/07/2007 00:00:00

1,8 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Projeto que modifica Lei Geral pode ser votado na terça (17) Brasília - O presidente do Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae, senador Adelmir Santana, disse em entrevista à TV Record de Brasília, nesta sexta-feira (13), confiar plenamente que, na terça-feira (17), último dia de funcionamento do Congresso antes do recesso parlamentar, o projeto de lei nº 79 da Câmara que promove alterações importantes na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa deverá ser votado e aprovado. Santana passou a semana envolvido em negociações junto com os deputados da Frente Parlamentar Mista das Micro e Pequenas Empresas, secretários estaduais de Fazenda, Confaz e lideranças do Senado para aprovar a matéria em regime de urgência na Comissão de Assuntos Econômicos. Na condição de relator do projeto, Adelmir Santana conseguiu que a matéria figure na Ordem do Dia da terça-feira (17) como o primeiro assunto a ser deliberado pelo Plenário do Senado Federal após a votação das Medidas Provisórias ainda pendentes e sobre as quais já há acordo das lideranças para votação. A aprovação do projeto de lei complementar, que no Senado tramita com o número 43, aperfeiçoa a Lei Geral sanando equívocos como foi o caso de deixar de fora do novo Simples alguns segmentos produtivos como hotéis, pousadas, borracharias, perfumarias e cosméticos, entre outros, o que soma aproximadamente um universo de 500 mil empresas que não foram contempladas na nova lei. "Não tenho mais dúvida sobre o assunto. Eis que houve amplo acordo para a aprovação da matéria na terça-feira próxima, o que significará uma verdadeira revolução na economia brasileira, com uma redução significativa de empresas que atuam na informalidade em todo o País", disse o senador.

Fonte: administradores.com.br

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

Ajude a divulgar o nosso Congresso de Contabilidade.

Inscreva-se e compartilhe

Salve a imagem e compartilhe em suas redes sociais.

?>