x
CONTEÚDO notícias

Economia

Site do BC passa a reunir demonstrações financeiras contábeis de instituições

O site do Banco Central passa a ter um novo canal para que instituições possam publicar demonstrações financeiras.

14/01/2020 11:15:01

2.689 acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Site do BC passa a reunir demonstrações financeiras contábeis de instituições

O Banco Central anunciou nesta segunda-feira, 13, que disponibilizou um novo canal para divulgação de informações financeiras e contábeis. De acordo com a nota, divulgada pelo Banco, o sistema conta com informações de todas as instituições autorizadas a funcionar pelo BC no país.

A criação do novo espaço, chamado Central de Demonstrações Financeiras do Sistema Financeiro Nacional (CDSFN), irá garantir mais transparência, acessibilidade e comparabilidade às demonstrações divulgadas pelas instituições financeiras.

Para o diretor de Regulação do BC, Otávio Damaso, o principal objetivo da Central é garantir mais informação para o usuário.

“As instituições somente estavam obrigadas a realizar a publicação no Diário Oficial e jornal de grande circulação, o que limitava seu alcance. A Central irá garantir ao usuário maior acesso às demonstrações financeiras, atingindo o objetivo da divulgação dessas informações: subsidiar o processo de tomada de decisão”, explica.

Demonstrações financeiras

Além da publicação exigida pela regulamentação específica, o que inclui, no caso de sociedades anônimas, a publicação no Diário Oficial e jornal de grande circulação, as instituições estão obrigadas a remeter suas demonstrações financeiras para a CDSFN.

As novidades atendem às novas necessidades do mercado, e facilitam as análises e comparações, contribuindo para a tomada de decisões e também para o trabalho de pesquisadores e estudantes, já que poderão contar com todas as demonstrações em local único.

As demonstrações divulgadas pelo Banco Central são compostas de Balanço Patrimonial, Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração dos Fluxos de Caixa e Demonstração do Resultado Abrangente.

Algumas instituições financeiras já vinham divulgando as demonstrações em suas páginas na internet, mas, nem sempre era fácil para o usuário encontrá-las.

“Acreditamos que reunir as demonstrações em um só espaço irá facilitar o acesso de todos, além de permitir maior consistência, continuidade e comparabilidade da informação disponibilizada ao público, o que garante maior controle da divulgação, inclusive no que se refere à observância dos prazos definidos em lei e na regulação infralegal”, explica o diretor de Fiscalização, Paulo Sérgio Neves de Souza.

Quem é obrigado a publicar demonstrações financeiras

Os procedimentos para remessa eletrônica das demonstrações foram estabelecidos por circular em setembro de 2019. De acordo com o documento, as instituições financeiras autorizadas a operar pelo BC ficam obrigadas a enviar, a partir da data-base de dezembro de 2019, demonstrações financeiras individuais e consolidadas, anuais, semestrais e intermediárias.

As informações divulgadas na CDSFN são acompanhadas das respectivas notas explicativas, do relatório da auditoria independente e do relatório da administração sobre os negócios sociais e os principais fatos administrativos do período.

Os arquivos no site do BC estão em formato PDF. A partir de maio de 2020, está prevista também a divulgação das demonstrações em formato de dados abertos, garantindo aos usuários um acesso mais direto e a possibilidade de realizar comparações mais seguras e com menor custo de captação das informações.

Até o final de junho de 2020, com o objetivo de criar um histórico, serão disponibilizadas em PDF as demonstrações financeiras relativas aos anos de 2014 a 2019.

O Banco Central anunciou nesta segunda-feira, 13, que disponibilizou um novo canal para divulgação de informações financeiras e contábeis. De acordo com a nota, divulgada pelo Banco, o sistema conta com informações de todas as instituições autorizadas a funcionar pelo BC no país.

A criação do novo espaço, chamado Central de Demonstrações Financeiras do Sistema Financeiro Nacional (CDSFN), irá garantir mais transparência, acessibilidade e comparabilidade às demonstrações divulgadas pelas instituições financeiras.

Para o diretor de Regulação do BC, Otávio Damaso, o principal objetivo da Central é garantir mais informação para o usuário.

“As instituições somente estavam obrigadas a realizar a publicação no Diário Oficial e jornal de grande circulação, o que limitava seu alcance. A Central irá garantir ao usuário maior acesso às demonstrações financeiras, atingindo o objetivo da divulgação dessas informações: subsidiar o processo de tomada de decisão”, explica.

Demonstrações financeiras

Além da publicação exigida pela regulamentação específica, o que inclui, no caso de sociedades anônimas, a publicação no Diário Oficial e jornal de grande circulação, as instituições estão obrigadas a remeter suas demonstrações financeiras para a CDSFN.

As novidades atendem às novas necessidades do mercado, e facilitam as análises e comparações, contribuindo para a tomada de decisões e também para o trabalho de pesquisadores e estudantes, já que poderão contar com todas as demonstrações em local único.

As demonstrações divulgadas pelo Banco Central são compostas de Balanço Patrimonial, Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração dos Fluxos de Caixa e Demonstração do Resultado Abrangente.

Algumas instituições financeiras já vinham divulgando as demonstrações em suas páginas na internet, mas, nem sempre era fácil para o usuário encontrá-las.

“Acreditamos que reunir as demonstrações em um só espaço irá facilitar o acesso de todos, além de permitir maior consistência, continuidade e comparabilidade da informação disponibilizada ao público, o que garante maior controle da divulgação, inclusive no que se refere à observância dos prazos definidos em lei e na regulação infralegal”, explica o diretor de Fiscalização, Paulo Sérgio Neves de Souza.

Quem é obrigado a publicar demonstrações financeiras

Os procedimentos para remessa eletrônica das demonstrações foram estabelecidos por circular em setembro de 2019. De acordo com o documento, as instituições financeiras autorizadas a operar pelo BC ficam obrigadas a enviar, a partir da data-base de dezembro de 2019, demonstrações financeiras individuais e consolidadas, anuais, semestrais e intermediárias.

As informações divulgadas na CDSFN são acompanhadas das respectivas notas explicativas, do relatório da auditoria independente e do relatório da administração sobre os negócios sociais e os principais fatos administrativos do período.

Os arquivos no site do BC estão em formato PDF. A partir de maio de 2020, está prevista também a divulgação das demonstrações em formato de dados abertos, garantindo aos usuários um acesso mais direto e a possibilidade de realizar comparações mais seguras e com menor custo de captação das informações.

Até o final de junho de 2020, com o objetivo de criar um histórico, serão disponibilizadas em PDF as demonstrações financeiras relativas aos anos de 2014 a 2019.

Fonte: Banco Central

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.