x
CONTEÚDO notícias

Coronavírus

Auxílio doença será liberado sem perícia

Devido ao Coronavírus, o governo anunciou que o auxílio-doença deve ser liberado pelo INSS sem perícia.

21/03/2020 08:30:01

12,8 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Auxílio doença será liberado sem perícia

Os benefícios por incapacidade que são pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social, INSS, serão liberados por meios digitais, sem a necessidade de perícia médica presencial, neste momento de enfrentamento ao coronavírus.

A medida, anunciada pelo Ministério da Economia, visa evitar aglomerações nas agências do INSS e também promete acelerar a concessão de benefícios como o auxílio-doença e o Benefício de Prestação Continuada (BPC) durante a pandemia.

Para o secretário especial da Previdência do Ministério da Economia, Bruno Bianco, esta é uma forma de proteger os segurados e os funcionários do INSS do coronavírus e também contribuir com a manutenção econômica dos trabalhadores que têm direito a esses benefícios nesse momento de desaceleração econômica.

Aplicativo

Bianco explicou ainda que, para isso, o INSS vai receber atestados médicos que comprovem a incapacidade dos trabalhadores brasileiros por meio do seu aplicativo.

Esses atestados também serão avaliados de forma remota pelos servidores do INSS na liberação do auxílio-doença e do Benefício de Prestação Continuada (BPC) das pessoas com deficiência. O auxílio-doença, por sinal, também será liberado para quem for diagnosticado com coronavírus.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.