x
CONTEÚDO notícias

Prática abusiva

Coronavírus: Empresária é presa após subir R$ 10 do álcool gel

Clientes da farmácia denunciaram o aumento no álcool gel. Prática é considerada abusiva.

21/03/2020 10:00:01

3,8 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Coronavírus: Empresária é presa após subir R$ 10 do álcool gel

A proprietária de uma farmácia foi presa por vender álcool em gel com preço considerado abusivo e por não fornecer nota fiscal aos clientes. Conforme a Secretaria da Segurança, o preço do frasco de álcool gel no comércio subiu de R$ 1,99 para R$ 11,99 após o aumento da procura com a pandemia de coronavírus.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, após receber denúncias anônimas sobre o aumento do preço no estabelecimento, policiais civis foram ao local e constataram a prática considerada abusiva pelo Código de Defesa do Consumidor.

Prática abusiva

Ainda conforme a secretaria, a proprietária confessou que comprava frascos menores e vazios para enchê-los com álcool em gel, comprado sem procedência comprovada. Em seguida, revendia os frascos por preços superiores à média dos produtos e sem justa causa.

Ela foi autuada em flagrante por crime contra a economia popular, devido ao preço abusivo do praticado por ela – e contra a ordem tributária, por não fornecer ao cliente nota fiscal da compra.

Denúncias

A Polícia Civil reforça que população pode repassar informações sobre esse tipo de prática abusiva por meio do Disque-Denúncia, da Secretária da Segurança Pública e Defesa Social.

As denúncias podem ser realizadas ainda para as delegacias existentes no estado. O sigilo e o anonimato são garantidos.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.