x
CONTEÚDO notícias

600 reais

Auxílio emergencial: Mulher é presa ao fazer festa com dinheiro do benefício

Jovem foi presa no Ceará por fazer festa durante quarentena. Ela alegou que teria utilizado dinheiro do auxílio emergencial para realizar o evento.

02/05/2020 10:30:01

72,2 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Auxílio emergencial: Mulher é presa ao fazer festa com dinheiro do benefício

Uma mulher de 20 anos foi presa em flagrante nesta terça-feira, 28, após realizar uma festa com vários convidados na casa dela, no bairro do Cruzeiro, no município de Camocim/CE a cerca de 350 km de Fortaleza.

Para bancar o evento, ela ainda teria usado o dinheiro do auxílio emergencial do governo federal concedido a pessoas de baixa renda e trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus.

Vizinhos acionaram a Polícia Militar por conta do som alto vindo do imóvel. Quando policiais do POG (Policiamento Ostensivo Geral) chegaram ao local, a mulher questionou por que a comemoração era proibida e se comprometeu a diminuir o som.

Auxílio emergencial

Entretanto, logo depois que a polícia foi embora, ela aumentou o volume e, segundo testemunhas, ficou gritando que estava gastando o dinheiro que ganhou do governo. Os vizinhos tornaram a ligar para a polícia, e ela foi presa.

Ao verem a mulher ser presa, os convidados fugiram. A polícia disse que todos os participantes da festa estavam ingerindo bebida alcoólica, inclusive a dona da comemoração. O número de convidados não foi informado.

Crime

Segundo a polícia, a investigada vai responder pelos crimes de perturbação de sossego e descumprimento do decreto do governo do estado que proíbe a realização de eventos, sejam eles privados ou públicos, para não causar aglomeração e evitar o contágio de COVID-19.

A mulher foi levada para a 3ª Companhia da Polícia Militar, em Camocim, e depois para a Delegacia Regional do município, onde foi lavrado um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência). Ela vai responder pelos crimes em liberdade.

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.