x
CONTEÚDO notícias

Balanço

Receita Federal registra aumento no volume de Notas Fiscais Eletrônicas em maio

Aumento das Notas Fiscais Eletrônicas registrado pela Receita Federal aponta crescimento das vendas.

05/06/2020 11:35:01

5,7 mil acessos

  • compartilhe no facebook
  • compartilhe no twitter
  • compartilhe no linkedin
  • compartilhe no whatsapp

Receita Federal registra aumento no volume de Notas Fiscais Eletrônicas em maio

Um levantamento feito pela Receita Federal, com base na emissão de notas fiscais eletrônicas, aponta que o volume de vendas na economia brasileira subiu em maio na comparação com os meses anteriores.

Segundo o órgão, a movimentação voltou aos patamares de antes do início das medidas de restrição adotadas pelo governo para conter a pandemia do coronavírus. Mas, apesar da movimentação, o volume de vendas ainda é inferior ao registrado no mesmo mês em 2019.

De acordo com o boletim “Impacto da Covid-19”, a média diária de vendas passou dos R$ 20 bilhões nos meses de janeiro a março deste ano, indo para R$ 19 bilhões em abril e subindo para R$ 21,1 bilhões em maio. Já em comparação com maio de 2019, as vendas recuaram 15,2% em termos reais no mês passado.

O Fisco também fez uma comparação por semanas, que mostrou que as vendas atingiram R$ 180 bilhões na última semana de maio. É o maior valor desde a quarta semana de fevereiro, quando o mesmo número foi registrado.

Comércio Eletrônico

O levantamento da Receita Federal também aponta que o comércio eletrônico teve um grande crescimento nos últimos meses, devido ao distanciamento social.

O órgão informou que, em 2020, o segmento registrou altas de vendas em quantidade e em volume. Disse que a tendência de elevação se intensificou em março, com variações percentuais de +9,3%. Em abril foi de +3,3% e em maio de +18,3%.

As vendas por canais eletrônicos também tiveram elevação na comparação com o ano passado, avançando 40,7% em maio.

O relatório do Fisco ainda informou que, após as medidas adotadas para conter o avanço da pandemia, todas as regiões do Brasil registraram queda do volume diário de venda em abril em relação a março. O maior foi na região Sudeste com -22,6%.

Fonte: Receita Federal

VER COMENTÁRIOS

O Portal Contábeis se isenta de quaisquer responsabilidades civis sobre eventuais discussões dos usuários ou visitantes deste site, nos termos da lei no 5.250/67 e artigos 927 e 931 ambos do novo código civil brasileiro.